PUBLICIDADE
Topo

Bronco Sport: por que aposta da Ford em novo SUV ainda não decolou

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo (SP)

28/10/2021 04h00Atualizada em 28/10/2021 18h31

O ano de 2021 está sendo movimentado para a Ford, mas não tanto para o Bronco Sport. O modelo, lançado como grande aposta da marca para disputar espaço com SUVs de luxo, ainda não engrenou.

Desde maio, quando foi lançado, até o dia de ontem, 27 de outubro, o Bronco Sport registrou 758 unidades emplacadas.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Principal rival do Bronco Sport, de acordo com a própria Ford, o Land Rover Discovery Sport vendeu 854 unidades no mesmo período, de acordo com dados de emplacamento levantados pela reportagem.

O SUV da marca britânica, vale reforçar, vende mais nas versões com motor a diesel, que atualmente custam entre R$ 342.950 e 395.950 - e não nos modelos com motor flexível de 250 cv, que estão entre R$ 311.950 e R$ 358.950.

Ou seja, um carro que custa ao menos R$ 47 mil a mais ainda vende melhor que o Bronco Sport, que é oferecido em versão única, a Wildtrak.

Com um todo, a Ford emplacou 31.376 veículos até o mês de setembro. Desse total, quase metade são exemplares da picape Ranger, que colocou nas ruas 15.159 unidades - 48,3% das vendas, sendo o carro-chefe da companhia.

Nessa conta, as 758 unidades do Bronco Sport representam apenas 2,4% das vendas da Ford em todo o ano até aqui. O Territory, SUV médio que também é vendido pela marca, emplacou exatas 1.900 unidades no mesmo período.

Se fizermos um recorte ainda mais restrito e retirarmos da conta as 10.325 unidades de Ka e Ka Sedan vendidas em 2021, modelos que eram produzidos no Brasil e saíram de linha com o fechamento das fábricas no país, a Ranger seria a responsável por 72% das vendas da marca. Nesse cenário, o Bronco Sport ainda assim teria apenas 3,6% do total de negociações.

"A Ford sabe que o trabalho dela está apenas começando em se colocar na proposta que quer", diz uma fonte ligada ao mercado. "É difícil que o consumidor olhe para os carros, mesmo em categorias superiores e equipamentos equivalentes, e o coloque na mesma posição de um Land Rover".

A proposta que a Ford busca, no caso, é transformar seu perfil: deixar para trás os tempos de empresa de volume para investir em carros mais lucrativos, mas com pequena escala de vendas. Além de Bronco Sport e Mustang Mach 1, lançados recentemente, a aposta seguinte é a picape Maverick, que chegará em breve no mercado.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros