PUBLICIDADE
Topo

VW suspende produção no Brasil por causa do aumento dos casos de covid-19

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/03/2021 17h08

A Volkswagen do Brasil anunciou nesta sexta-feira (19) o fechamento de todas as fábricas da companhia no Brasil a partir do dia 24, quarta-feira, até o dia 4 de abril. O motivo é o aumento nos casos de coronavírus em todo o País e da proliferação da covid-19 em grande escala novamente.

De acordo com a nota divulgada pela companhia, a medida foi tomada como forma de preservar a saúde dos funcionários e seus familiares. Nas fábricas só serão mantidas as atividades essenciais, como segurança e zeladoria. Além disso, o período é aproveitado para manutenção de maquinário e continua a ter recebimento de peças dos fornecedores, por exemplo.

A área administrativa das quatro fábricas continuará trabalhando em formato de trabalho remoto (home office). Segundo a VW, a medida foi tomada de comum acordo com os sindicatos. A marca confirma que nada será alterado no salário dos funcionários e que esse período parado será reposto em momento oportuno.

Atualmente, a empresa alemã atua com quatro fábricas, três no estado de São Paulo, um dos mais atingidos pela doença. São Bernardo do Campo (SP) onde produz a linha Polo, Virtus e Nivus, além da Saveiro; Taubaté (SP) de onde saem Gol, Voyage e Up! e São Carlos, responsável por produção de motores.

Sua quarta fábrica fica em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba (PR). O principal produto produzido na fábrica paranaense é o T-Cross, SUV líder de mercado e também entre os SUVs compactos no acumulado de 2020. O outro carro produzido lá é o hatch compacto Fox.