Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Renault Kwid: saiba tudo sobre o carro mais vendido da marca francesa

Subcompacto da Renault é um dos carros mais baratos do país e traz quatro airbags de série em todas as versões - Murilo Góes/UOL
Subcompacto da Renault é um dos carros mais baratos do país e traz quatro airbags de série em todas as versões
Imagem: Murilo Góes/UOL

Do UOL

Em São Paulo (SP)

09/07/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Hatch é um dos carros zero-quilômetro mais baratos do Brasil
  • Subcompacto vem sempre com motor 1.0 flex e câmbio manual
  • Todas as versões trazem 4 airbags de fábrica
  • Configurações mais completas têm central multimídia

Um carro que se propõe a fazer o que faz. O Renault Kwid pode ser definido assim pelo seu custo, pelo seu porte e pelo que oferece. Apesar da campanha publicitária da Renault chamando o modelo de "SUV dos compactos", o Kwid nada mais é que um hatch subcompacto de entrada com maior vão livre em relação ao solo.

Na sua categoria, ele não faz feio. O Renault Kwid foi o quinto carro mais vendido do primeiro semestre de 2019, com pouco mais de 40 mil unidades emplacadas, liderando seu segmento. Além de fazer sucesso por ser um dos carros mais baratos do país, o modelo tem porta-malas de 290 litros, acima da média, considerando seu porte - ele mede apenas 3,68 m e pesa pouco mais de 800 kg.

Atualmente, o carro mais em conta do Brasil é o Chery QQ.

Com dimensões compactas e até 70 cv de potência, é um carro que se propõe sobretudo para uso urbano. O Kwid é ágil, cabendo em quase qualquer vaga, e agrada pelo baixo consumo de combustível - de acordo com o Inmetro, com gasolina o modelo faz 14,9 km/l na cidade e 15,6 km/l na estrada.

Investindo na imagem de SUV, o Kwid ganhou neste ano a versão Outsider, com apelo aventureiro, e melhorias no sistema de freios, um dos pontos criticados no hatch. A nova configuração se diferencia por trazer apliques na parte inferior dos para-choques, novas molduras nos faróis de neblina e calotas na cor preta brilhante.

Por essas e outras, o Kwid pode ser definido como um carro honesto dentro da fatia do mercado à qual se propõe. É acessível e entrega o que se espera de um modelo de entrada cujo foco é o preço baixo. Outro destaque: o Kwid é um dos primeiros carros do Brasil que podem ser adquiridos totalmente online.

Preços

Kwid Life: R$ 33.290 / Kwid Zen: R$ 38.790 / Kwid Intense: R$ 41.890 / Kwid Outsider: R$ 43.990

Equipamentos

+ Renault Kwid Life: alerta sonoro e visual do uso de cinto de segurança do motorista e passageiro desafivelado, cinto de segurança central traseiro subabdominal, 2 airbags laterais, sistema imobilizador do motor, 2 Isofix, cintos de segurança dianteiros de 3 pontos com regulagem de altura, indicador de troca de marcha, desembaçador do vidro traseiro.

+ Renault Kwid Zen: acrescenta 2 alto-falantes, alarme de aviso luzes acesas, alças de segurança traseiras, ar-condicionado, Bluetooth, USB, entrada auxiliar, direção elétrica, limpador do vidro traseiro, retrovisor interno dia/noite, revestimento interno do porta-malas, travas e vidros dianteiros elétricos.

+ Renault Kwid Intense: acrescenta abertura elétrica do porta-malas a distância, banco e volante com design personalizado, bolsas integradas na parte traseira dos bancos traseiros, câmera de ré, chave canivete, computador de bordo, elementos internos na cor branca marfim, faróis de neblina cromados, grade frontal cromada, maçanetas externas na cor da carroceria, maçanetas internas cromadas, central multimídia, retrovisores elétricos com capas pretas brilhantes, calotas na cor cinza antracite e conta-giros.

+ Renault Kwid Outsider: bancos exclusivos Outsider, barra de teto, interior com detalhes em laranja, moldura do farol de neblina, proteção lateral, calotas com acabamento preto, apliques plásticos nos para-choques e adesivos nas portas dianteiras identificando a versão.

Valores da revisão/garantia

(Preços podem ser parcelados em até 5 vezes)

+ 10.000 km: R$ 358,64 (versão 1.0 12v Sce), R$ 399,90 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 20.000 km: R$ 358,64 (versão 1.0 12v Sce), R$ 399,90 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 30.000 km: R$ 358,64 (versão 1.0 12v Sce), R$ 399,90 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 40.000 km: R$ 611,00 (versão 1.0 12v Sce), R$ 652,26 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 50.000 km: R$ 376,73 (versão 1.0 12v Sce), R$ 417,99 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 60.000 km: R$ 376,73 (versão 1.0 12v Sce), R$ 417,99 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 70.000 km: R$ 467,14 (versão 1.0 12v Sce), R$ 508,40 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 80.000 km: R$ 1.020,05 (versão 1.0 12v Sce), R$ 1.061,31 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 90.000 km: R$ 467,14 (versão 1.0 12v Sce), R$ 508,40 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 100.000 km: R$ 467,14 (versão 1.0 12v Sce), R$ 508,40 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 110.000 km: R$ 467,14 (versão 1.0 12v Sce), R$ 508,40 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ 120.000 km: R$ 741,61 (versão 1.0 12v Sce), R$ 782,87 (1.0 12v Sce - ar-condicionado e direção elétrica)

+ Garantia: 3 anos

Consumo pelo Inmetro (etanol/gasolina em km/l)

Kwid 1.0 Life, Zen, Intense, Outsider 5MT: cidade 10,3/14,9; estrada 10,8/15,6

Concorrentes

O maior rival do Renault Kwid é o Fiat Mobi. Ele é concorrente tanto em porte quanto em proposta e conteúdo. O Chevrolet Onix Joy também disputa espaço, principalmente pelo preço. O Volkswagen Up também é um concorrente do Kwid pelo tamanho, mas dispõe de melhores motorização, equipamentos, segurança e acabamento. Outro rival é o Chery QQ.

Como o UOL Carros avaliou o Renault Kwid

Mesmo tentando se colocar como o "SUV dos compactos", o Renault Kwid é um carro de entrada pequeno e de força contida, apesar de útil para o uso urbano. Devido às dimensões reduzidas, evitar obstáculos no dia a dia e passar por ruas apertadas no trânsito das grandes metrópoles é um trabalho bem executável pelo hatch.

Dirigir o Kwid é agradável, já que o automóvel francês possui pedais bastante macios, assim como uma direção elétrica leve e precisa. Do lado do câmbio manual, engates precisos ajudam em uma tocada ágil e suave. O peso baixo e o bom torque são itens que proporcionam agilidade.

O carro conta com três estrelas no teste da Latin NCAP - o máximo possível para um modelo que não possui controle de estabilidade. O Kwid também possui quatro airbags, dois laterais e dois frontais, em todas as configurações.

Para estrada, entretanto, o carro não é tão bom devido à baixa potência. Além disso, o grande vão em relação ao solo e o baixo peso contribuem para a carroceria balançar por conta do vento. Ainda assim, o baixo consumo ajuda a compensar os pontos negativos.

Pelo preço convidativo e pelo baixo custo de manutenção, o Kwid cobra alguns confortos. Por ser um projeto econômico, a vedação acústica da cabine não é das melhores, com ruídos de motor e suspensão sendo bastante audíveis. A paleta única de para-brisa é um destaque negativo também.

A ergonomia do banco do motorista deixa a desejar, já que a direção não tem ajuste nem de altura nem de profundidade. Os bancos também não possuem ajuste de altura.

Ficha técnica

Renault Kwid Life / Zen / Intense / Outsider
Motor: 1.0 flex, 3 cilindros, 12v
Potência: 66/70 cv (gasolina/etanol) a 5.500
Torque: 9,4/9,8 kgfm (gasolina/etanol) a 4.250 rpm
Câmbio: manual, 5 marchas
Velocidade máxima: 152 km/h (gasolina), 156 km/h (etanol)
0 a 100 km/h: 15,5s (gasolina), 14,7s (etanol)
Dimensões: 3,68 m de comprimento, 2,42 m de entre-eixos, 1,57 m de largura e 1,49 m de altura
Porta-malas: 290 litros
Peso: 758 kg / 779 kg / 786 kg / 806 kg

Errata: o texto foi atualizado
Ao contrário do que foi informado, o Renault Kwid não vem com rodas de liga leve nas versões Intense e Outsider, e sim calotas. A informação já foi corrigida.

Mais Seu Automóvel