Topo

Testes e lançamentos


Fiat Toro 2020 "completona" vai a R$ 167 mil; UOL Carros calculou

Fiat Toro Volcano Diesel é opção mais "escalonável" da linha 2020. Mas vale a pena? - Divulgação
Fiat Toro Volcano Diesel é opção mais "escalonável" da linha 2020. Mas vale a pena?
Imagem: Divulgação

Eugênio Augusto Brito, Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

27/06/2019 13h12

Resumo da notícia

  • Versão Ranch é topo de gama, mas não pode receber opcionais
  • Intermediária, Volcano pode ficar mais cara que Ranch
  • Fizemos a conta: vale a pena colocar todos os "kits"?
  • Fiat Toro 2020 será lançada dia 10 de julho

Como UOL Carros e o jornalista e influenciador Jorge Moraes anteciparam, a picape Fiat Toro 2020 será lançada no dia 10 de julho, com leve reestilização, mudança de equipamentos, mas mesma motorização, trazendo reajuste médio nos preços de 2,5%. Os valores oficiais vão de R$ 92.990 (Toro Endurance 1.8 Flex MT5) a R$ 159.990 (Toro Ranch 2.0 Diesel 4x4).

Mas esse não será o preço mais alto que você pode pagar pela "Nova Toro", nomenclatura que a Fiat já está adotando junto aos concessionários. Fizemos o cálculo considerando todas as linhas de opcionais -- além dos "kits" padronizados da linha Fiat, existem os novos "kits" da Mopar, divisão de preparação da FCA, que servem como opcionais exclusivos para a picape.

No cálculo, usamos tanto a informação obtida com exclusividade anteriormente, quanto a ferramenta do site oficial da Fiat, que passou as trazer os preços após UOL Carros ter divulgado os valores em primeira mão. Lápis e papel (ou calculadora do celular) na mão!

Na imagem estilizada, a nova versão Endurance 1.8 Flex manual - Divulgação
Na imagem estilizada, a nova versão Endurance 1.8 Flex manual
Imagem: Divulgação

Vela a pena ter Toro "completona"?

De cara, cabe salientar que a versão Ranch, topo de linha, sai por R$ 159.990, já bem completa e sem itens pagos como opcionais -- há apenas a variante de pintura metálica (R$ 2,5 mil) ou perolizada (R$ 3 mil). Portanto, chega no máximo a R$ 162.990.

De série, traz alarme, ar-condicionado digital de duas zonas, banco de couro marrom com emblemas da versão com ajuste elétrico para o motorista, sensores de chuva e crepuscular, retrovisor interno eletrocrômico, maçanetas cromadas, sensor de chave, computador de bordo de sete polegadas, protetor de cárter, rodas de liga leve de 18 polegadas e Kit Mopar Landscape (estribo lateral, engate de reboque, barra de proteção no vidro traseiro, santantônio e para-barro). Interior mescla tom escurecido com painéis em marrom, entre outros mimos visuais.

Mas o valor da Ranch com pintura metálica pode ser superado pela configuração Volcano Diesel 4x4 AT9 com opcionais. Quer ver? Vamos lá!

Inicialmente custando R$ 152.990, a Volcano Diesel traz rodas de liga leve de 18 polegadas com sensor de pressão dos pneus, capota marítima, frisos cromados, soleiras e para-choque frontal com skid plate, faróis com luz diurna de LED, sistema de luz de curva, sensores de luz e de chuva, sete airbags, controle de tração e de estabilidade, assistente de rampa em aclives e declives, chave inteligente com partida remota, painel de instrumentos com tela digital de 7 polegadas, retrovisores elétricos com "Tilt down", sensores de luz e de chuva, ganchos Isofix para cadeirinha, banco do motorista com ajuste elétrico, abertura elétrica bocal de abastecimento, sistema multimídia de sete polegadas com seis falantes e duas USB, console central bicolor e com porta-objetos refrigerado, entre outros itens de série.

Lembramos que todos esses itens acima também estão no pacote da Toro Ranch, com exceção dos airbags: são apenas os dois frontais obrigatórios na versão mais cara (pois é), contra sete da Volcano (pois é de novo!).

A partir de agora, podemos colocar os opcionais na Volcano: o "Pack Deluxe" tem teto solar e bancos revestidos parcialmente de couro (R$ 6.500) e inviabiliza um kit só com os bancos revestidos (R$ 3.500); o "Protection" da Mopar agrega parafuso antifurto, para-barros, frisos pretos nas portas e emblema (R$ 1.099); e o "Landscape Chrome" inclui incluindo estribo lateral maior da Mopar, engate de reboque, barra de proteção no vidro traseiro, santantônio e para-barro (R$ 3.290).

Faltou ainda a pintura especial: preto, cinza, prata, vermelho, azul e marrom metálicos custam R$ 2.500; branco perolizado custa R$ 3 mil.

Fechando a conta e passando a régua, temos nossa Fiat Toro Vulcano Diesel 4x4 AT9 2020 "completaça", inclusive com itens Mopar, por R$ 166.879.

Considerações

São R$ 3.889 a mais para ter a versão intermediária com todos os itens extras.

Mecanicamente, tanto a Volcano quanto a Ranch trazem motor 2.0 turbodiesel de 170 cavalos, câmbio automático de nove marchas (ZF) e tração 4x4, com seletor de terrenos.

Por conta da diferença no preço, e considerando que a versão Ranch já traz o Kit Landscape de série e bons equipamentos estéticos e de conforto, essa é a opção mais racional para quem busca uma Toro toda paramentada. Se você acha, porém, que segurança extra é algo a se prezar e topa os quase R$ 4 mil, levará para casa visual menos espalhafatoso e ainda cinco airbags a mais.

De janeiro a maio, a Fiat Toro foi a picape média (classificação que inclui médio-compactas e médias) mais vendida do mercado, com 23.676 unidades, contra 16.700 da Toyota Hilux e 11.200 da Chevrolet S10. Claro, pode ser que você ache qualquer uma das opções careiras demais. Em todo caso, deixe sua opinião em nosso campo de comentários.

#Avaliação: Fiat Toro mudou mercado de picapes há três anos

UOL Carros

Mais Testes e lançamentos