PUBLICIDADE
Topo

Jorge Moraes

"Mini EcoSport": Ford terá SUV menor e mais barato para concorrer com Nivus

EcoSport mudará em 2021, ficará maior e abrirá espaço para um novo SUV compacto da Ford - Murilo Góes/UOL
EcoSport mudará em 2021, ficará maior e abrirá espaço para um novo SUV compacto da Ford Imagem: Murilo Góes/UOL
Jorge Moraes

Jornalista, Jorge Moraes trabalha com o segmento automotivo desde 1994. Presente nos principais salões internacionais, é editor do caderno de Carros no Diário de Pernambuco, diretor e apresentador do programa Auto Motor na Band, e âncora do programa CBN Motor na rádio CBN Recife.

Colunista do UOL

07/05/2020 04h00

Em tempos de economia, em que o comprador dos hatches, pelo menos a maioria, deseja ter um SUV na garagem, a Ford se planeja para não ficar fora dessa nova fatia do mercado. Com base na plataforma B (a mesma do Ka), a turma de Camaçari (BA) se prepara para lançar um crossover de porte menor, que ocupará uma faixa de preço abaixo do EcoSport - que será vitaminado em sua nova geração e custará mais que o atual.

O novo SUV entrará na briga em um segmento que deve ter o Nivus no topo da pirâmide, o que ficou claro pelo aporte da tecnologia aplicada no Volkswagen em seu próximo lançamento, previsto para o mês de junho.

A Ford, com o projeto dos SUVs high tech (a montadora é um foguete em termos de tecnologia com base no 5G nos EUA), confirma com o novo lançamento seu foco nesta categoria no Brasil, além de picapes e comerciais leves. Lembrando que a fabricante já se posicionou sobre o futuro de seus produtos na Europa e nos EUA.

Não tratamos nesta coluna do carro de combate ao líder Compass, que também sairá da Bahia. Uma outra história, um modelo de porte semelhante ao do Territory e no qual não está descartada a ideia dos sete lugares.

O foco aqui é o 'mini EcoSport': descobrimos que os primeiros passos do plano de "reposicionamento" da empresa são desafiadores. Pense na proposta de fazer um veículo compacto, grande por dentro, de baixo custo, completo, que atenda às exigências do consumidor.

A equipe da Bahia está com a missão de produzir aquele que será um modelo de acerto com os grupos de finanças, desenvolvimento, engenharia e marketing, nessa ordem mesmo. Ou seja: tem que ser bom e "barato". Do contrário, não vai competir entre os mais vendidos. A inspiração terá como base a trajetória do EcoSport. Ninguém assume publicamente o tema, mas não nega.

O novo EcoSport, previsto para 2021, será maior, mais forte fisicamente e rico em tecnologia. E será abaixo dele que o crossover compacto, com pinta de SUV de baixo custo, vai entrar em cena.

"Vamos para o jogo e todos vocês serão surpreendidos. Nós fazemos carros bons, resistentes e bonitos. A Hyundai e a Fiat, por exemplo, virão fortes com seus novos projetos e por aqui estamos de olho nos adversários", disse uma fonte ouvida pela coluna. Ela se refere aos novos mini Creta e ao SUV de porte semelhante ao do Argo.

O novo projeto de SUV compacto da Ford ganha corpo global, além do Brasil, China, Índia e Europa. E, por aqui, não estranhe se você começar a ver mais mulas (carros disfarçados) pelas ruas, em testes de motor, suspensão, rodagem, aplicação de acessórios, como revelou UOL Carros em flagra pelas ruas de São Paulo.

O projeto BX755 está bem alinhado com o que pensa o fabricante para o futuro nos próximos dois anos. Tem motor novo no combate, o 1.5 turbo, e a onda SUV, que engloba o Escape, o Territory, o novo EcoSport, um modelo de sete lugares e agora o "mini Ecosport".

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.