PUBLICIDADE
Topo

Blocos de rua

Bloco Sargento Pimenta atrai beatlemaníacos de todas as idades no Rio

Giovani Lettiere

Colaboração para o UOL, no Rio

12/02/2018 13h08

A apresentação do bloco Sargento Pimenta - que só toca músicas em inglês do grupo de rock britânico The Beatles -, febre mundial nos anos 1960, reuniu beatlemaníacos e foliões de todas as idades nesta segunda-feira de manhã (12), no Aterro do Flamengo, na zona sul do Rio.

O tema do oitavo ano do bloco foi "Felicidade, uma arma quente", tradução livre da música "Happiness is a warm gun", que foi lançada há 50 anos. No palco, 150 ritmistas sob o comando do mestre de bateria Felipe Reznik apresentaram versões dos sucessos da banda, como "Help!" e "Lucy in the Sky with Diamonds", em ritmo de samba, maracatu e jongo. "Juntamos vários ritmos e misturamos nesta brincadeira que virou trabalho", contou Reznik ao UOL.

A apresentação começou com uma hora de atraso, por conta de um problema com o gerador de energia, que precisou ser trocado. Às 11 horas pontualmente, com a música "A Hard Day's Night" (1964), o bloco começou a agitar o público, com direito a chuva de papel picado. A expectativa dos organizadores é reunir 500 mil foliões como no ano passado.

A secretária executiva Lia Palka, de 65 anos, se destacava. Toda fluorescente, com pimentinhas nos óculos e nos brincos e ainda segurando balões com a palavra "Love", ela conferia a apresentação pela sexta vez - Erbs Jr./UOL - Erbs Jr./UOL
Imagem: Erbs Jr./UOL
Os foliões começaram a chegar bem cedo. Às 7h30 já havia alguns agarrados na grade. A secretária executiva Lia Palka, de 65 anos, se destacava. Toda fluorescente, com pimentinhas nos óculos e nos brincos e ainda segurando balões com a palavra "Love", ela conferia a apresentação pela sexta vez. "Gosto de chegar cedo para pegar o gargarejo. Amo os Beatles desde os anos 60. Era mocinha e já gostava. É uma grande paixão até hoje. Fui mesma quem customizou essa fantasia. Gosto muito da pegada do bloco e estou pensando até em entrar para a banda", elogiou Lia. A banda também tem integrantes de todas as idades e cada um com uma fantasia diferente.

O universitário Nicholas Dutra, de 23 anos, também chamou a atenção entre os foliões ao criar uma fantasia com a famosa travessia dos Beatles em Abbey Road para a capa do disco de 1969. "Fiz de papelão com EVA. Gosto bastante da banda. Sempre ouvi muito e esta já é minha quinta vez no bloco. É imperdível", contou o rapaz, que era parado constantemente com pedidos de foto.

Os amigos e casais Pedro Galvão e Lorenza Carvalho e Victor e Silmara Vicente vieram de São Paulo e se juntaram aos amigos cariocas Fernanda Galizia e Luiz Ferreira para conferir a apresentação do Sargento. Todos estavam, claro, caracterizados com o Sargento Pimenta.

"Sou tão apaixonado por Beatles a ponto de ter meu apartamento em São Paulo todo decorado com eles. É a The Cavern", confessou Victor, de 45 anos e professor. "Consegui convencê-los de vir no ano passado e eles amaram. Ficaram viciados e vieram este ano de novo", disse Luiz, engenheiro de 50 anos.

O Sargento também atraiu fãs estrangeiros da banda. Um grupo reunia ingleses, americanos, alemães e uma costarriquenha. "Nos conhecemos agora e todos amamos os Beatles. Do grupo, só eu estou descansada. Tirei o domingo para fazer turismo. Fui ao Corcovado e ao Pão de Açúcar, mas o restante passou o dia atras do Boi Tolo e não dormiu. Estão todos virados", explicou Maria Luisa Mendiola, de 27 anos, empresária na Costa Rica. "É minha primeira vez no Rio e já no Carnaval. É incrível. Estou vivendo um sonho. É mágico tudo isso aqui. Nunca imaginei que fosse essa festa toda. Hoje à noite, vou ao Sambódromo", completou.

O grupo Jongo da Serrinha também participou da apresentação. O tempo nublado no Rio durou somente até 12h30, depois abriu e ajudou os foliões a curtir mais o bloco sem passar tanto calor.