Topo

CarnaUOL

Blocos de rua


Carnaval levou 12 milhões de pessoas às ruas de São Paulo, diz prefeitura

Janaina Nunes

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/02/2018 22h25

Desde o dia 3 de fevereiro, quanto teve início o pré-Carnaval, cerca de 12 milhões de pessoas curtiram festa pelas ruas da cidade de São Paulo, divulgou neste domingo (18) a prefeitura da capital paulista. Mais uma vez, o número superou o esperado. Em 2017, de acordo com a prefeitura, 3,5 milhões de pessoas compareceram à festa.

"Muita gente ficou na cidade para curtir, mas muita gente também veio conhecer nosso Carnaval. A expectativa da prefeitura era menor, mas conseguimos nos adequar a este número", disse ao UOL o secretário de Prefeituras Regionais, Cláudio Carvalho.

No entendimento da prefeitura, a principal mudança promovida no Carnaval deste ano, blocos deslocas para a avenida 23 de maio, foi um sucesso. Anunciada pela gestão João Doria (PSDB) para evitar tumultos em bairros residenciais, a novidade, no entanto, levou transtornos a moradores e pacientes de hospitais da região dos bairros da Aclimação, Bela Vista e Paraíso.

"Tivemos muitas críticas positivas, e conseguimos nos adequar, principalmente na avenida 23 de Maio, que foi um grande teste e foi aprovada pela população. No geral, foram poucos os incidentes no Carnaval", afirmou Cláudio Carvalho.

O UOL lembrou o secretário do estudante que morreu eletrocutado na rua da Consolação, durante o desfile do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta. "É um fato que lamentamos muito. A polícia está averiguando o caso. Foi o incidente mais grave que tivemos. De qualquer forma, o Carnaval de São Paulo entrou para o ranking dos maiores do Brasil."

Para Carvalho, o bloco Pipoca da Rainha, com show da cantora Daniela Mercury, encerrou o Carnaval 2018 com chave de ouro. "Ela ficou seis horas cantando no trio. Ela não para. Foi excelente para São Paulo", elogiou.