PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

"Me coloquei no lugar delas", diz Sabrina Sato após briga de musas

Sabrina Sato - Rafael Cusato/Brazil News
Sabrina Sato Imagem: Rafael Cusato/Brazil News

Colaboração para o UOL

01/02/2018 07h43

Sabrina Sato, madrinha de bateria da Gaviões da Fiel, do Carnaval de São Paulo, falou pela primeira vez sobre a briga entre Tati Minerato, rainha da escola, e Renatta Teruel, imperatriz da agremiação, durante um ensaio técnico. Em um vídeo para seu canal no youtube, a estrela da Record não tomou partido e disse que imaginou a tristeza de ambas.

"Eu me coloquei no lugar das duas. Ano passado eu senti muito bem o que foi isso pois a gente quase não entrou", disse a apresentadora, que em 2017 se atrasou para o desfile e entrou com a escola já na passarela do samba. "Nessa hora eu tava sambando dentro da bateria", completou ela, afirmando não ter visto o desentendimento das duas.

Em 2018, segundo comunicado emitido pela diretoria da escola, Tati e Renatta foram afastadas, e Sabrina será a única a desfilar à frente dos ritmistas.