PUBLICIDADE
Topo

Blocos de rua

Gretchen faz show em SP e diz que gostaria de ser símbolo do Carnaval gay

Gretchen foi atração do festival Agrada Gregos - Marcelo Justo/UOL
Gretchen foi atração do festival Agrada Gregos Imagem: Marcelo Justo/UOL

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

27/01/2018 23h07

"Gretchen antes era tida como um 'pedaço de carne' pelos machistas. Hoje é uma diva”. A afirmação do analista administrativo Bruno Cupertino era quase unânime, aparentemente, entre as centenas de pessoas que lotaram a terceira noite do Festival Agrada Gregos, na Barra Funda, em São Paulo, neste sábado (27).

Organizado pelo bloco que dá nome ao evento, o festival teve como principal atração a rainha do rebolado e dos memes da internet. Ela se subiu ao palco da festa por das 20h, cantando sucessos do passado e ainda hits que emplacou recentemente.

Gretchen não esconde a felicidade com a possibilidade de ser o grande ícone do Carnaval gay de São Paulo: “Eu adoro esse título. Espero poder usar essa faixa”, comemorou a cantora, em entrevista ao UOL.

De fato, Gretchen é um sucesso entre o público que foi ao festival. "Acredito ser a retomada de um sucesso do passado, como o Brasil tem feito”" defende o empresário Kempes Macedo.

Para o jornalista Vinícius Costa, no entanto, Gretchen é um exemplo de como a sociedade atual entende a liberdade do corpo. "A gente é dono do nosso corpo. E entendemos outra forma de hipersexualização do corpo, e essa maneira de olhar para Gretchen, hoje, tem muito a ver com isso”.

Gretchen se apresentou no Agrada Gregos assistida pelo filho Thammy Miranda. O show foi gravado como parte do reality show sobre a família da cantora, que será exibido neste ano no canal Multishow. "Está a família toda, e ainda temos brigas. As pessoas vão se emocionar e também se surpreender", antecipou Gretchen.

Neste domingo, o festival Agrada Gregos continua, tendo como principal atração Inês Brasil. O evento começa às 16h.