PUBLICIDADE
Topo

Blocos de rua

Onde pernambucano mata a saudade do Carnaval, em São Paulo?

O bloco Olha o Sucesso foi criado por amigos pernambucanos em São Paulo - Divulgação
O bloco Olha o Sucesso foi criado por amigos pernambucanos em São Paulo Imagem: Divulgação

Mateus Araújo

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/01/2018 18h36

Pernambucano que se preze, nesse tempo de pré-Carnaval, não esconde a euforia de encontrar uma orquestra ou ouvir os batuques das alfaias de um maracatu; e morando longe da sua terra natal, aí é que a coisa pega.

Mas para quem mora em São Paulo, dá para afagar o coração e matar a saudade das ladeiras de Olinda ou da folia do Marco Zero. É que por aqui quem decidiu se mudar para o Sudeste também achou um jeito de fazer sua própria festa.

O UOL preparou um miniguia do Carnaval de Pernambuco em terras paulistas. Parafraseando Caetano Veloso, que já disse em uma das suas músicas que a Mangueira é “onde o Rio é mais baiano”, aqui a gente mostra onde São Paulo é mais pernambucano:

Olha o Sucesso

É o terceiro ano do bloco Olha o Sucesso, criado por um grupo de publicitários pernambucanos. Neste ano, eles fazem duas festas. A prévia é no domingo (21), a partir das 15h, no Jongo Reverendo (rua Inácio Pereira da Rocha, 170, Pinheiros), com orquestra de frevo, maracatu, DJ e uma banda que só toca música pernambucana. Os ingressos custam R$ 25 (antecipado) e R$ 35 (na bilheteria). Já o desfile é no dia 3 de fevereiro, às 14h, nos Jardins (rua da consolação, 2621).

Bloco Arriano Suassunga desfila em Pinheiros - Facebook/Reprodução - Facebook/Reprodução
Bloco Arriano Suassunga desfila em Pinheiros
Imagem: Facebook/Reprodução

Rainha do frevo

Esse ano, pela primeira vez, Elba Ramalho traz seu bloco para São Paulo. A cantora é paraibana, mas é considerada rainha do Carnaval recifense e do Galo da Madrugada, e sempre arrasta multidões por lá. Os paulistanos vão frevar com Elba no dia 3 de fevereiro, no Ibirapuera, com o bloco Frevo Mulher. Claro que vai cantar os ritmos pernambucanos no trio elétrico. O desfile começa às 13h, em frente ao Monumento aos Bandeiras.

Maluco Beleza

Tá achando pouco? Segura que tem mais: depois de acompanhar o trio de Elba Ramalho, tem o segundo tempo com Alceu Valença. No mesmo dia, o cantor repete a dose do seu já tradicional Bicho Maluco Beleza, também ali em frente ao Ibirapuera.

Alceu Valença no Bloco Bicho Maluco Beleza - Walmor Carvalho/FotoRua/Estadão Conteúdo - Walmor Carvalho/FotoRua/Estadão Conteúdo
Alceu Valença no Bloco Bicho Maluco Beleza
Imagem: Walmor Carvalho/FotoRua/Estadão Conteúdo

Paródia

O título é uma sátira com o nome do escrito Ariano Suassuna: Arrianu Suassunga. O bloco desfila em Pinheiros (rua Padre Carvalho, 769), no dia 3/2, a partir das 14h. A festa é embalada por uma orquestra de alfaias que faz releituras de ritmos tradicionais do Carnaval pernambucano.

 

Tra tra tra

Uma publicação compartilhada por Bloco Oxente (@blocooxente)

 

 

 

em

No improviso

O Bloco Oxente sai às ruas tocando frevo, maracatu e axé. Um “combo” nordestino de Carnaval. O desfile também é no dia 3, começando às 11h, na rua Dr. Cesário Mota Jr., 379, na Consolação. Em vez de trio elétrico, os foliões seguem uma Kombi com duas DJs fazendo o set. 

Maracatu

Para quem adora dançar ao ritmo da cadência do batuque afro, em São Paulo tem o Grupo Maracatu Bloco de Pedra, criado com referência de duas das principais nações de maracatu do Recife: a Estrela Brilhante e a Almirante do Forte. O grupo paulistano tem agenda movimentada: no dia 11 de fevereiro, desfila na Vila Madalena, a partir das 14h, com concentração na Rua Medeiros de Albuquerque com Rua Cipriano Juca; no dia 12, faz o cortejo no Sesc Belenzinho, às 13h30.