PUBLICIDADE

Topo

Pergunte ao VivaBem

Os melhores especialistas tiram suas dúvidas de saúde


Pergunte ao VivaBem

Tenho protusão na coluna cervical. Posso correr?

Daniel Navas

Colaboração para o VivaBem

22/06/2021 04h00

Resumo da notícia

  • A corrida pode não ser o esporte mais indicado, já que é um exercício de impacto
  • É importante se consultar com um ortopedista especialista em coluna, um fisioterapeuta e um educador físico
  • Geralmente, exercícios que fortalecem a musculatura sem impacto são mais indicados, como musculação, pilates, natação ou hidroginástica

Pode ser que a corrida não seja o treino mais indicado para você. Isso porque a modalidade, quase sempre, envolve impactos repetitivos que podem acelerar a degeneração de discos e articulações da coluna. Por isso, antes de iniciar qualquer exercício, procure um ortopedista especialista em coluna. Ele irá realizar diversos exames para identificar se você está realmente apto a praticar a corrida, além, é claro, de prescrever o melhor tratamento.

Além disso, também é importante buscar a ajuda de um fisioterapeuta e educador físico, que irão indicar bons exercícios de reabilitação para a coluna vertebral.

No geral, exercícios físicos ajudam no fortalecimento da musculatura, o que auxilia na sustentação da coluna vertebral durante o treinamento. Então, invista também em atividades como musculação, pilates, natação ou hidroginástica. Já para a corrida, não esqueça de usar sempre um tênis apropriado, com boa absorção de impacto e escolha terrenos regulares para a prática do esporte, ou até mesmo a esteira ergométrica, que ajuda bastante a amenizar o choque com o solo. E mais: em períodos de crise de dor, não corra.

Ao longo do dia, dá também para tomar alguns cuidados que poderão contribuir para que a protusão não cause dores, ou até mesmo não evolua para uma hérnia de disco. Anote aí:

  • Mantenha uma boa postura em todas as suas atividades;
  • Fique de olho em seu peso corporal, o sobrepeso pode oprimir a coluna;
  • Evite sempre ficar em posições com a cabeça baixa por tempo prolongado;
  • Tenha uma rotina de atividades físicas de 2 a 3 vezes por semana.

O que é a protusão na coluna cervical

Entre cada duas vértebras, temos um disco, parecido com um amortecedor, cuja função inclui a mobilidade e absorção do impacto durante qualquer atividade da nossa rotina. Quando esse disco se degenera, por qualquer motivo, inclusive o envelhecimento, fragmentos podem se desprender e comprimir as estruturas neurológicas que passam nos canais vertebrais, por onde passa a medula, no centro da coluna e foraminais (espaços formados entre duas vértebras por onde passam os nervos que se projetam da medula espinhal). Quando esta partícula de disco intervertebral é pequena, ganha o nome de hérnia protrusa, ou protrusão.

É válido ressaltar que a protusão na coluna cervical não tem cura, mas, seguindo o tratamento correto, é possível controlar o problema e, assim, evitar a progressão da doença.

Na grande maioria das vezes, o tratamento não é cirúrgico —este procedimento só é indicado para hérnias discais que causam compressão da medula (chamada de mielopatia), quando a dor não é mais tratável, entre outros fatores que poderão ser identificados pelo profissional da saúde.

Fontes: Alexandre Fogaça Cristante, presidente da SBOT (Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia) Regional São Paulo; Felipe Gargioni Barreto, neurocirurgião especialista em coluna da Clínica Personal Ortopedia, em São Paulo; Leonardo Correia, ortopedista e especialista em coluna vertebral do Hospital Memorial São Francisco, em Natal (RN).

Quais são suas principais dúvidas sobre saúde do corpo e da mente? Mande um email para pergunteaovivabem@uol.com.br. Toda semana, os melhores especialistas respondem aqui no VivaBem.

Pergunte ao VivaBem