PUBLICIDADE

Topo

Saúde

Sintomas, prevenção e tratamentos para uma vida melhor


Governo dos EUA concede à Novavax R$ 8,6 bi por vacina contra o coronavírus

Atualmente, a empresa norte-americana de biotecnologia faz sua substância auxiliar na Suécia - Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images
Atualmente, a empresa norte-americana de biotecnologia faz sua substância auxiliar na Suécia Imagem: Igor Golovniov/SOPA Images/LightRocket via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/07/2020 09h36

O governo dos Estados Unidos concedeu à empresa norte-americana de biotecnologia Novavax US$ 1,6 bilhão (aproximadamente R$ 8,6 bilhões) para cobrir testes, fabricação e comercialização de uma potencial vacina contra o novo coronavírus no país. O objetivo do investimento é fornecer 100 milhões de doses até janeiro de 2021.

O valor oferecido já é o maior da "Operação Warp Speed", uma parceria público-privada iniciada pelo governo federal dos Estados Unidos para acelerar o desenvolvimento e a produção de uma vacina e tratamentos contra a covid-19.

"O que esse prêmio faz é pagar pela produção de 100 milhões de doses, que seriam entregues a partir do quarto trimestre deste ano e poderiam ser concluídas em janeiro ou fevereiro do próximo ano", disse à Reuters o presidente-executivo da Novavax, Stanley Erck.

O anúncio segue os investimentos de US$ 456 milhões (R$ 2,4 bilhões) na candidata a vacina da Johnson & Johnson, um prêmio de US$ 486 milhões (R$ 2,6 bilhões) à Moderna Inc e até US$ 1,2 bilhão (R$ 6,4 bilhões) em suporte para o desenvolvimento da vacina da AstraZeneca com a Universidade de Oxford.

Ainda de acordo com a publicação, a vacina da Novavax trabalha em conjunto com uma substância que aumenta a resposta imune para ajudar o corpo a construir uma defesa forte contra o vírus.

Atualmente, a empresa norte-americana de biotecnologia faz sua substância auxiliar na Suécia, mas está aumentando a capacidade de fabricação dos EUA.

*Com informações da Reuters

Saúde