PUBLICIDADE

Topo

Tudo sobre Câncer

Sintomas e tratamentos da doença


Tudo sobre Câncer

Quimioterapia mais curta é eficaz no tratamento de câncer de testículo

Ciclo único de quimioterapia com três medicamentos específicos foi tão eficiente quanto o mesmo tratamento realizado por dois ciclos - iStock
Ciclo único de quimioterapia com três medicamentos específicos foi tão eficiente quanto o mesmo tratamento realizado por dois ciclos Imagem: iStock

Do VivaBem, em São Paulo

02/01/2020 16h36

Resumo da notícia

  • Especialistas do Reino Unido comprovaram que ciclo único de três semanas de quimioterapia é efetivo para tratar câncer de testículo
  • Até então, o tratamento convencional pregava dois ciclos de três semanas, causando efeitos colaterais mais severos
  • A descoberta pode mudar a forma como os pacientes são tratados, evitando efeitos colaterais de longo prazo principalmente em pacientes jovens

Um novo protocolo de quimioterapia promete reduzir os efeitos colaterais de pacientes com câncer nos testículos. Os resultados foram publicados em um estudo no periódico European Urology.

De acordo com a pesquisa, liderada por especialistas do The Institute of Cancer Research de Londres e University Hospitals Birmingham NHS Foundation Trust, uma combinação de três medicamentos aplicada em um ciclo de tratamento de três semanas foi tão efetiva quanto a aplicação de dois ciclos de três semanas, o tratamento considerado padrão nesses casos.

Mesmo após a remoção do testículo, alguns pacientes são encaminhados para a quimioterapia para garantir que a doença não volte ou se espalhe pelo corpo.

Chamado de Estudo 111, a pesquisa é considerada uma das mais longas no acompanhamento de pacientes com câncer de testículo.
De acordo com o INCA (Instituto Nacional do Câncer), o tumor de testículo corresponde a 5% do total de casos de câncer entre os homens, o que faz com que a doença seja considerada rara. A maior incidência é em homens entre 15 e 50 anos.

Como o estudo foi feito?

  • A análise envolveu o acompanhamento por mais de dois anos de cerca de 250 pacientes britânicos que receberam quimioterapia como tratamento coadjuvante para o câncer no testículo;
  • os pacientes apresentavam alto risco de metástase, já que foram detectadas células cancerígenas no sistema linfovascular;
  • no teste clínico, os pacientes receberam apenas um ciclo de três semanas de quimioterapia com a combinação dos medicamentos bleomicina, etoposida e cisplatina;
  • os médicos então acompanharam a evolução dos pacientes para ver o número de recidivas após dois anos e compararam os resultados com os números conhecidos de recidivas da doença em pacientes que fizeram dois ciclos do tratamento;
  • o resultado mostrou que apenas três homens (ou 1,3%) tiveram recidiva da doença após terminar o tratamento, um valor semelhante ao dos pacientes que receberam dois ciclos de tratamento;
  • o estudo mostrou ainda que, embora 41% tenham sentido efeitos colaterais como náuseas e infecções, apenas 2,6% tiveram efeitos colaterais de longo prazo, como perda de audição.

Por que isso é importante?

Assim como muitos pacientes que passam por quimioterapia, o tratamento para câncer de testículo pode ser bastante debilitante, causando sintomas como enjoos e fadiga.

Mas o pior são mesmo os efeitos de longo prazo, como comprometimento da audição, maior chance de desenvolver infecções e até danos cardíacos irreversíveis.

"Reduzir a dose de quimioterapia significa poupar homens jovens que têm sua vida pela frente de sofrerem com efeitos colaterais de longo prazo, e ainda significa que o paciente fará menos visitas ao hospital durante seu tratamento", afirmou Robert Huddart, professor de Urological Cancer no Institute of Cancer Research, em declaração oficial da instituição.

Além dos ganhos para a qualidade de vida, o ciclo mais curto e rápido também significa reduzir os custos do tratamento, um fator importante principalmente em países em que os cuidados não são oferecidos de forma gratuita.

VivaBem no Verão - 2ª edição

O VivaBem está no litoral paulista com o VivaBem no Verão. São dois espaços na Riviera de São Lourenço com diversas opções de atividades físicas, lazer, cultura e comidas para você curtir o calor com a família ou os amigos. Saiba mais sobre o evento aqui e venha nos visitar!

Data: de 26 de dezembro de 2019 até o dia 09 de fevereiro de 2020, de quinta a domingo
Horário de funcionamento: das 9h até as 13h (praia) e das 17h até a 1h (arena)
Endereço arena: Av. Riviera, s/n, próximo ao shopping - Bertioga (SP)
Local do espaço na praia: canto direito da praia de Riviera de São Lourenço
Entrada: Gratuita

Tudo sobre Câncer