Topo

Goiaba faz bem para os olhos: veja 8 benefícios dessa fruta

iStock
Imagem: iStock

Samantha Cerquetani

Colaboração para o VivaBem

22/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • A goiaba é uma fruta tropical e existem diversas variedades: as mais consumidas são as de polpa branca e a vermelha/rosada
  • A goiaba branca contém mais vitamina C do que a vermelha, que por sua vez possui grande quantidade de licopeno, um importante antioxidante
  • A fruta possui fibras e vitaminas, além de cálcio, magnésio, fósforo, sódio, potássio e ferro
  • Entre os benefícios da fruta destacam-se: melhora da saúde cardíaca, aumento da imunidade, e benefício à saúde ocular
  • A goiaba é contraindicada para quem sofre com a constipação, pois ela pode prender ainda mais o intestino

A goiaba se destaca por possuir um odor característico, sabor marcante e ser suculenta. Ela é bastante consumida no Brasil in natura e também como ingredientes de receitas ou em sucos.

Existem diversas variedades de goiaba, mas as mais comuns são a de polpa branca com a casca esverdeada e a de polpa vermelha/rosada com a casca amarelada. As goiabas são frutas que possuem fibras e vitaminas, principalmente a C, além de cálcio, magnésio, fósforo, sódio, potássio e ferro.

A goiaba branca contém mais vitamina C do que a vermelha, que por sua vez possui grande quantidade de licopeno, que é um antioxidante importante para o organismo por combater os radicais livres do corpo. Em relação às calorias, uma unidade pequena (100 g) de goiaba branca contém 52 calorias, já a vermelha possui 54 calorias. Conheça detalhes dos benefícios da goiaba.

1. Melhora a saúde do coração

Por conter fibras, potássio, vitamina C e licopeno (o último presente nas frutas com polpa vermelha), o consumo frequente da goiaba ajuda na manutenção dos níveis aceitáveis do colesterol considerado "ruim" no corpo, além de melhorar a saúde cardíaca. O licopeno é um carotenoide que possui elevada atividade antioxidante, com capacidade de diminuir os radicais livres do organismo. Esse tipo de antioxidante protege as membranas celulares, o que ajuda a prevenir doenças cardiovasculares.

Além disso, o potássio pode ajudar a regular e estabilizar os batimentos cardíacos e a pressão alta, enquanto a vitamina C mantém os vasos sanguíneos saudáveis.

2. Pode ser consumida por quem tem diabetes

A goiaba é uma fruta que contém fibras. Por isso, retarda a absorção de nutrientes da alimentação e também do açúcar e da gordura. Seu consumo frequente controla os níveis de açúcar no sangue, o que faz bem para quem tem diabetes. Mas, como é uma fruta, ela também contém açúcares e, portanto, não deve ser consumida em excesso por essas pessoas.

3. Aumenta a imunidade

A fruta contém vitamina C, que desempenha um importante papel em relação à imunidade, protegendo o organismo de inflamações e infecções, por exemplo. Vale destacar que a goiaba contém quatro vezes mais vitamina C do que a laranja.

4. Retarda o envelhecimento

O licopeno, presente na goiaba vermelha, é uma substância que protege a pele contra os raios ultravioletas. Assim, previne o envelhecimento precoce e auxilia na prevenção de rugas. O nutriente incentiva também a produção de colágeno, que ajuda a firmar a pele. Além disso, a fruta contém vitaminas A e C, que neutralizam a ação dos radicais livres, responsáveis pelo processo de envelhecimento precoce do organismo.

5. Melhora a visão

A vitamina A presente na goiaba evita a degradação da visão e ainda melhora a saúde ocular, pois mantém a córnea saudável e limpa, protegendo as células dos olhos. Sabe-se que a deficiência de vitamina A causa um problema comum conhecido como cegueira noturna.

A presença da vitamina C na goiaba também auxilia na saúde ocular, pois mantém o funcionamento adequado das células da retina. Por isso, comer goiaba ajuda na prevenção da catarata e da degeneração macular, problemas comuns na visão.

6. É recomendada para gestantes

As grávidas devem consumir goiaba regularmente porque a fruta melhora o sistema imunológico e a pressão arterial durante a gestação. Por ser rica em vitaminas C e E, flavonoides, carotenoides e polifenóis, a goiaba possui nutrientes importantes para essa fase da mulher. Além disso, o ácido fólico da fruta ajuda a prevenir defeitos no tubo neural do feto, evitando malformações.

7. Melhora o funcionamento cerebral

A presença das vitaminas B3 e B6 na fruta tem função muito importante no cérebro: a B3, também conhecida como niacina, pode aumentar o fluxo sanguíneo e estimular a função cognitiva; já a B6 é um excelente nutriente para o cérebro e para a função nervosa, melhorando o foco. O potássio da goiaba também ajuda a manter a condutividade elétrica do cérebro, o que é importante para melhorar a capacidade de raciocínio e de memória.

8. Proporciona saciedade

Adicionar uma goiaba à rotina alimentar pode ajudar a pessoa a se sentir satisfeita por mais tempo, por conta do alto teor de fibras. Assim, o consumo da fruta, juntamente com atividade física regular e alimentação adequada, pode contribuir com a perder peso sem comprometer a saúde, uma vez que também é rica em vitaminas, proteínas e minerais. E a goiaba apresenta um índice calórico muito menor em relação a outras frutas como maçã, laranja ou uva.

Quais são os benefícios das folhas de goiabeira?

É possível preparar chás com as folhas de goiaba e há também o extrato de folhas que é usado como complemento nutricional. As folhas da fruta são ricas em substâncias anti-inflamatórios e antioxidantes.

Há algumas evidências científicas de que o extrato de folha de goiaba diminui a intensidade da dor das cólicas menstruais. Além disso, ele tem sido associado à diminuição da pressão arterial, do colesterol "ruim" e ao aumento do colesterol "bom". Mas, outros estudos ainda precisam ser realizados para comprovar os benefícios.

Benefício em estudo

- Pode combater o câncer: o extrato de folha de goiaba possui um efeito anticâncer, de acordo com alguns estudos. Foram realizadas pesquisas em tubo de ensaio e em animais que comprovaram que o extrato de goiaba pode impedir e até parar o crescimento de células cancerosas. Isso ocorre devido aos antioxidantes presentes no alimento que ajudam a combater os radicais livres do organismo. Mas, ainda não foram realizados estudos em humanos que comprovem esse benefício.

Como consumir

A forma in natura é a melhor maneira de consumir a goiaba e aproveitar todos os seus benefícios nutricionais. Mas, por ser uma fruta bastante versátil, ela pode ser utilizada em diversas receitas e até mesmo substituir o tomate no preparo de molhos.

Também pode ser consumida na forma de geleia, musses, doces, sorvetes e serve de ingrediente na preparação de iogurtes e gelatinas. Apesar de não ser muito comum, é possível acrescentar a fruta em acompanhamentos de carnes.

Um doce bastante tradicional no Brasil é o queijo com goiabada, que também é conhecido popularmente como Romeu e Julieta. A goiabada é um doce feito com goiaba, água e açúcar e deve ser consumido com bastante moderação por ser rico em açúcar e bastante calórico.

Os especialistas recomendam a ingestão de três a quatro porções de frutas diárias e uma unidade de goiaba é o ideal por dia. Ela pode ser consumida com a casca, desde que bem higienizada.

Fontes: Tarcila Campos, nutricionista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz; Rosana Rossi, professora de nutrição da São Judas; Suellen Bley Vieira, docente do curso de Nutrição do Centro Universitário FMU e Brigitte Olichon, professora da Faculdade de Medicina de Petrópolis (FMP/Fase). Revisão técnica: Suellen Bley Vieira.

Podcasts do UOL
Ouça o podcast Maratona, em que especialistas e corredores falam sobre corrida. Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Benefícios dos alimentos