Topo

Corrida


Corrida

Educativos de corrida: 4 exercícios para melhorar sua performance

Exercícios educativos ajudam a melhorar a mecânica da corrida e, consequentemente, turbinam o desempenho no esporte - iStock
Exercícios educativos ajudam a melhorar a mecânica da corrida e, consequentemente, turbinam o desempenho no esporte Imagem: iStock

Alexandre Sinato

Colaboração para o UOL VivaBem

10/05/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Exercícios educativos melhoram a mecânica da corrida e, consequentemente, turbinam o desempenho no esporte
  • O ideal é realizar esses movimentos pelo menos uma vez por semana para obter seus benefícios
  • Como exigem pouco tempo, os educativos podem ser feitos após o aquecimento, antes de você começar a "correr para valer"

Se você ver pessoas por aí correndo e elevando bastante o joelho à frente do corpo ou encostando o calcanhar no glúteo, tenha uma certeza: elas estão fazendo exercícios educativos para melhorar a mecânica da corrida, torná-la mais eficiente e, consequentemente, turbinar o desempenho no esporte.

Os educativos podem ser realizados tanto por iniciantes quanto maratonistas. Os movimentos podem ser mais ou menos complexos, variando também em sua intensidade. Como todos os treinos de corrida, eles precisam ser executados respeitando a individualidade de cada atleta. Querer fazer um educativo complexo sem entender antes os mais básicos pode transformar uma prática positiva em um aumento no risco de lesão.

Quais os benefícios dos educativos?

Ao melhorar o gesto mecânico do atleta, os exercícios tornam a corrida mais otimizada e mais econômica --ou seja, você vai gastar menos energia durante a atividade física, o que pode ajudá-lo a ir mais longe ou mais rápido. "Também há um menor estresse nas articulações e, consequentemente, menor risco de lesões", explica Rodrigo Lobo, profissional de educação física formado pela USP (Universidade de São Paulo) e diretor-técnico da Lobo Assessoria Esportiva.

Basicamente, os educativos são uma forma de acrescentar qualidade à corrida. E um dos caminhos para isso é trabalhando a consciência corporal. Ao repetir gestos específicos, o corredor tende a prestar mais atenção no seu corpo, conectando corpo e mente. Essa percepção sobre os movimentos é fundamental para que depois eles sejam aplicados na corrida.

Segundo Lobo, "não há nenhuma evidência científica concreta e validada que mostre a eficiência do exercício educativo na alteração do padrão de movimento do corredor". Assim, se não é possível alterar o padrão de movimento, quem desenvolve maior capacidade de entender seu corpo consegue aproveitar melhor os educativos.

Quando fazer os educativos?

O ideal é realizar educativos de corrida pelo menos uma vez por semana. Se você corre três vezes por semana, por exemplo, tente investir no educativos em dois dias. A grande vantagem desses exercícios é que eles não exigem muito tempo, então, é possível encaixá-los nos seus treinos sem dificuldade.

Como se trata de uma atividade que estimula gestos ligados à corrida, o exercício educativo geralmente é feito antes do treino principal. Os corredores, inclusive, têm o costume de incluir o educativo como parte do aquecimento.

Neste caso, o ideal é começar com uma caminhada progressiva ou uma corrida leve e depois partir para os educativos. Quanto mais exigente for o educativo, mais o corpo deve estar aquecido.

A mesma lógica que faz o aquecimento ser imprescindível na corrida explica o benefício de usar o educativo antes da parte principal do treino. O sistema nervoso central irá enviar informações para o restante do organismo de maneira fracionada. Assimilando melhor as informações decorrentes dos educativos, por exemplo, o corpo tende a executar a corrida com mais qualidade, sem passar por uma fase de transição desconfortável, segundo Diego Leite de Barros, fisiologista do esporte do HCor (Hospital do Coração) e diretor da DLB Assessoria Esportiva.

Aprenda a fazer quatro exercícios educativos

Agora que você já sabe por que e quando partir para os educativos, é hora de ver alguns exemplos de como fazer esses exercícios, sempre respeitando seu nível de treino. Veja abaixo vídeos explicativos feitos pela Lobo Assessoria Esportiva:

Skipping (baixo, médio e alto)

Hopserlauf (ou apenas Hop)



Soldadinho



Anfersen

SIGA O UOL VIVABEM NAS REDES SOCIAIS
Facebook - Instagram - YouTube