PUBLICIDADE

Topo

A tecnologia virou aliada do bem-estar no isolamento social

Arquivo pessoal
Imagem: Arquivo pessoal
Adriana Miranda

Aos 62 anos, ela é palestrante e entusiasta da vida saudável e das atividades físicas. Procuradora aposentada do estado de São Paulo, está sempre em busca de segredos para ter mais disciplina, foco e determinação, para manter a saúde física e um estilo de vida leve e positivo.

Colunista do UOL

03/06/2020 04h00

Uma coisa não podemos negar: em meio à pandemia da covid-19 e há mais de 75 dias em isolamento social, a tecnologia vem sendo a nossa grande aliada para enfrentar os obstáculos dessa crise.

Com a tecnologia, muitos trabalhadores conseguiram desempenhar suas funções protegidos em casa, fazendo o chamado home office e, assim, puderam manter seus empregos e garantir a renda.

Nesse longo período, datas importantes passaram e, se não fosse a tecnologia, muitos aniversários, Dia das Mães e até casamentos não teriam tido a mesma graça. As plataformas online possibilitaram a conexão, a união e a celebração, mesmo em tempos difíceis.

Sem poder sair de casa e sem poder abrir as portas, pequenos negócios como restaurantes, lojas e academias precisaram se reinventar. E não tiveram muito tempo para isso! Mais uma vez, a tecnologia mostrou um novo mundo de possibilidades: aplicativos para pedidos de comida, vendas online e até aulas online. Para muitos desses estabelecimentos, o universo digital ainda era um território pouco conhecido, mas sem tempo e escolhas, precisaram simplesmente começar.

Outros profissionais também estão sendo impactados e mudando sua rotina. Advogados, psicólogos, médicos e professores, por exemplo, também precisaram se reinventar nesse momento. A maioria desses profissionais está fazendo encontros online e buscando uma maneira de ficar mais próximo das pessoas, não deixar de trabalhar e ajudar quem precisa.

E hoje, passados 75 dias de isolamento, podemos enxergar que a tecnologia está fazendo a diferença nesse período e, além de possibilitar momentos virtuais entre família e amigos e garantir trabalhos, ela também abriu espaço para movimentarmos (nossa mente e corpo), mesmo que dentro de casa.

É isso mesmo! Muitas academias também estão promovendo aulas e treinos online abertos para o público em diferentes horários, seja pelo Instagram ou por uma plataforma específica. Muitos personal trainers estão oferecendo serviços personalizados de forma virtual e várias digital influencers começaram a marcar lives com profissionais especializados em ioga, funcional, HIIT, etc para incentivar todos os seguidores a se movimentarem juntos.

Além disso, os grupos de WhatsApp estão sendo fundamentais, já que por meio da ferramenta é possível compartilhar planilhas de treinos, enviar vídeos e os alunos podem aproveitar para tirar todas as dúvidas.

Ou seja, encontros virtuais se tornaram essenciais para o corpo e a mente nessa quarentena. Já que por ora ambientes fechados estão vetados da rotina por causa da pandemia e a orientação das autoridades de saúde é evitar aglomerações, principalmente em locais com pouca circulação de ar, como é o caso das academias, o jeito é nos acostumarmos, adaptarmos e aproveitarmos o tanto de possibilidades que o mundo online também pode nos proporcionar.

*Adriana Miranda (@adrianammiranda) é palestrante e, aos 63 anos, entusiasta da vida saudável e das atividades físicas. Está sempre em busca de segredos para ter mais disciplina, foco e determinação, para manter a saúde física e um estilo de vida leve e positivo.