PUBLICIDADE

Topo

Lugares tensos podem drenar energia. Márcia Fernandes ensina a se proteger

Foto de Mikhail Nilov no Pexels
Imagem: Foto de Mikhail Nilov no Pexels

Camila Eiroa

Colaboração para Universa

12/05/2022 04h00

Você já entrou em um lugar e sentiu que sua energia mudou drasticamente? Ou então que sua vitalidade estava sendo sugada? Saiba que isso pode ser explicado pela energia dos lugares. Sim! Cada ambiente tem sua própria vibração energética e isso pode interferir diretamente na maneira em que nos sentimos.

A astróloga e sensitiva Márcia Fernandes explica que o padrão vibratório de um ambiente tem ligação direta com as energias existentes ali, principalmente em relação ao estado de espírito das pessoas que ali moram, trabalham ou frequentam. Essa energia pode ser tanto benéfica, quanto maléfica. O que importa é que estará em ressonância com seus frequentadores.

"Vamos utilizar como exemplo nossa casa: em um lar onde há muita briga, discussão e conflitos, certamente as energias negativas, ou melhor, os espíritos negativos estarão por perto. Por isso é importante preservar a paz em nosso coração, em nossa alma e respeitar os membros de nossa família, bem como a nós mesmos. Essa energia influenciará diretamente na vibração do lar", diz Márcia.

Como identificar

A sensitiva conta que algumas pessoas podem sentir essas energias de forma mais evidente, sendo mais afetadas positivamente ou negativamente. Aquelas que possuem a espiritualidade e a mediunidade mais afloradas contam com a capacidade especial de sentir a energia das pessoas e dos ambientes com mais facilidade.

"Normalmente, uma pessoa sensitiva sabe de muitas informações sem precisar consultar as pessoas à sua volta, já que seu poder intuitivo e sua conexão com o universo são muito apurados. Com isso, ao entrar em um lugar de energia densa, com certeza ela terá diversas sensações que despertarão sua atenção para esse fato", alerta a sensitiva.

Os sintomas mais evidentes de que você está em um lugar com energias nocivas e desequilíbrio vibracional são dores de cabeça frequentes, pés e mãos gelados, zumbido no ouvido, enjoos e náuseas, cãibras, visualização de vultos, audição de vozes, dores nas costas e arrepios no corpo. Se é um ambiente constante, como o trabalho, os sintomas duram mais tempo e pode ser que você chegue em casa esgotado.

"Obviamente, estes sintomas podem ter outras causas, porém, quando ocorrem juntos e sem razão médica aparente, podem indicar que você está sendo afetado por energias ou espíritos negativos", diz Márcia. Quando acontece o contrário, ou seja, quando a influência é positiva, a tendência é sentir mais disposição e sensações positivas.

Decoração influencia

Márcia destaca que a energia dos ambientes também pode se dar pela decoração ou acúmulo de itens desnecessários. Por isso, a sugestão da sensitiva é se livrar diariamente de pelo menos cinco objetos que perderam o sentido no momento atual. Cartões antigos, roupas velhas, panelas sem tampa, óculos de grau que não lhe servem mais: mande tudo embora. E, se possível, dê uma geral na mesa de trabalho também.

"Se você for uma pessoa mais sensitiva, evite ambientes como bares, baladas, festas barulhentas ou cemitérios, pois é onde espíritos menos evoluídos estão presentes, consumindo nossas energias e deixando-nos fracos espiritualmente. Dessa forma, nossa elevação de espírito será intensamente prejudicada", revela.

Caso queira ou precise frequentar esses lugares, é indicado fazer algum ritual de proteção antes e manter pensamentos e sentimentos positivos no ambiente, a fim de contagiar todos à sua volta com essa energia. Para ambientes os quais você não tem controle, Márcia indica fechar o umbigo.

Rituais

"Este pequeno ritual de proteção é feito quando cobrimos o chakra umbilical com um esparadrapo ou bandaid, repelindo as más energias. Este chakra é de grande importância para a espiritualidade e sua cor é laranja, associada à energia. Quando está em desequilíbrio, nos sentimos cansados e baixamos nosso padrão vibratório, abrindo espaço para que energias negativas se aproximem", alerta.

Se a energia ruim é em casa, a sensitiva indica ter várias plantas. Afinal, elas atraem as energias positivas. As mais indicadas são: lírio-da-paz, espada de São Jorge, violetas, pinheirinho, samambaias, pé de arruda, pé de alecrim e outras flores coloridas. Outra dica é passar um pano com anil em todo o chão da casa e nos azulejos para uma limpeza energética do ambiente.

"Vale lembrar que não adianta fechar essas portas de entrada para energias negativas e achar que tudo vai se resolver. Você também precisa manter seu padrão vibratório elevado, cultivando bons pensamentos, agradecendo as coisas boas e até mesmo fazendo um banho energético", recomenda Márcia.

Pegue papel e caneta para anotar o banho energético indicado pela sensitiva.

Ingredientes:

- 2 litros de água;
- um punhado de alecrim;
- anil (em pedra ou líquido).

Como fazer: Prepare um maravilhoso chá de alecrim. Em seguida, acrescente o anil (uma pedra ou algumas gotinhas do líquido até que a água fique totalmente na cor azul). Misture tudo muito bem. Deixe amornar e coe. Banhe-se do pescoço para baixo após seu banho higiênico. Durma com o banho. O que restou da erva, jogue na natureza ou no lixo comum, conforme sua preferência.

Leia mais: No 'Para de Ser Doida!', Márcia Fernandes explica como os objetos podem atrair más energias e ensina rituais