PUBLICIDADE

Topo

Para continuar vendo a previsão do seu signo, é fácil e rápido

Cortar cabelo, engravidar, mudar e mais: a melhor lua para cada situação

Segundo especialista, as fases da lua podem influenciar uma série de atividades cotidianas - Nasa
Segundo especialista, as fases da lua podem influenciar uma série de atividades cotidianas Imagem: Nasa

Claudia Dias

Colaboração para Universa

25/01/2022 04h00

Não é de hoje que o impacto das fases da lua é observado sobre as marés, a agricultura e até o corpo e o humor das pessoas. A influência é visível em diferentes situações, sendo que cada período se mostra mais adequado para determinados objetivos.

"É durante o ciclo lunar que a Lua vai se 'mostrando' de maneira diferente a cada dia, para quem a observa aqui da Terra. Além do mais, cada uma das quatro fases corresponde a momentos distintos, que influenciam na nossa vida. Entender como isso funciona ajuda bastante", defende a astróloga Nanda Ribeiro.

A lua completa a volta na Terra em 28 a 29,5 dias, período que forma o ciclo lunar. Durante este período, a cada 7 ou 8 dia, há mudança de fases, que somam quatro e decorrem da posição do satélite natural em relação ao globo terrestre.

Na lua nova não há muita luminosidade no céu, pois mesmo sendo iluminada pelo Sol, não está voltada para a Terra. Dentro da visão astrológica, esta fase marca um início, fase de plantar a semente, planejar e criar novos projetos. Também tem a ver com mudança, renovação e recomeços. "As pessoas se tornam mais apaixonadas, fogosas, misteriosas, emotivas e sensíveis", acrescenta Nanda Ribeiro.

Quando ocorre a lua crescente, o astro fica na mesma posição que o Sol e, assim, fica à vista um quarto do satélite natural. Na interpretação holística, a fase crescente fala sobre cura e transformação, sobre o usar a criatividade e buscar conhecimento para crescer, evoluir e expandir, dando movimento ao que foi iniciado na lua nova.

A fase cheia é a que mostra todo o lado visível da lua sendo iluminado, ao atingir uma posição um pouco acima da Terra e do Sol. "É o ápice da lunação. O que foi semeado ganha forma para que possa ser colhido. Não é boa para mudanças e, sim, para melhorar o que se tem", diz a astróloga.

Com a cheia, há um transbordamento da sensibilidade e de conexão espiritual, classificando-a como fase de magia, atração, intuição e energização. Como faz a pessoa ter uma "visão" melhor de tudo, favorece a concretização de objetivos.

Enquanto isso, a lua minguante surge aproximadamente sete noites após a cheia, sendo iluminada um quarto de sua superfície. Astrologicamente falando, corresponde ao fechamento de ciclo, que pode estar relacionado a términos ou desapegos.

Por isso, é momento de introspecção, de autoanálise e de cuidar mais de si e das próprias emoções. É ocasião para perceber o que não serve mais e precisa ser abdicado para conseguir seguir em frente.

Conheça a melhor fase da lua

Entender os momentos lunares e aprender a usar as quatro fases para planejar os eventos da vida, rotineiros ou não, é garantia de alcançar o objetivo desejado. A seguir, a astróloga Nanda Ribeiro aponta qual a melhor fase da lua para as mais variadas situações.

  • Adotar novos hábitos: se há algo incomodando e pede mudança que se consolide, o melhor é a lua nova, pois tem a energia de começar algo do zero com a intenção de se tornar durável.
  • Arrumar emprego: na lua crescente, a tendência é que as pessoas fiquem mais disponíveis para dialogar e prontas para a tomada de decisões, o que facilita uma contratação. É a melhor lua também para admitir funcionários.
  • Autocuidado: todo tipo de atenção a si mesmo é bem-vindo na lua cheia, fase que "nutre" inclusive o lado pessoal.
  • Começar atividades física: pela intenção que se torne um hábito duradouro, a lua nova é a mais apropriada.
  • Começar dieta: na mesma lógica anterior, a fase da lua nova, cheia de energia dos inícios, costuma oferecer melhores resultados, mesmo que demore a alcançar o objetivo desejado.
  • Começar namoro: tanto a lua nova (dona da energia que estimula qualquer tipo de "começos") quando a crescente (responsável por estimular encontros afetivos e interações) são boas para dar um status à relação indefinida.
  • Construir ou comprar uma casa: a lua nova é a melhor, pois tem a ver com tomar atitude e iniciar um movimento duradouro.
  • Cortar grama: já que a intenção é "minguar" a relva, a fase minguante é a mais apropriada.
  • Cuidar das finanças: a lua minguante é ótima para dar fim à desordem, o que se aplica ao fechamento de mês, negociação de dívidas e organização de gastos em planilhas.
  • Depilar: todo procedimento para eliminar pelos do corpo traz melhores resultados na lua minguante. É muito boa também para cuidar da sobrancelha.
  • Fechar negócios: como influencia as pessoas a estarem mais abertas a diálogos e decisões, a lua crescente é tida como a mais adequada.
  • Fazer tatuagem: já que a ideia é renovar o visual, a lua nova é a melhor.
  • Lançar produto: tudo o que precisa ganhar visibilidade, preferencialmente de forma imediata, tem melhor resultado se ocorrer na lua crescente.
  • Mudar de casa: a fase crescente, ligada ao crescimento e ao movimento, se mostra apropriada. Igualmente é a melhor para reformas no imóvel.
  • Pescar: além da lua cheia iluminar melhor as pescarias noturnas, os peixes ficam agitados neste período, tal qual ocorre com os humanos.
  • Plantar: a lua nova é ótima para a semeadura, visando atingir o florescer de plantas fortes.
  • Podar flores e árvores: a lua minguante é a mais adequada para tudo que se quer diminuir e eliminar.


Quando é hora de cortar cabelo

Se a ideia é renovar o visual e mudar o corte, a melhor ocasião é a lua nova, fase indicada para transformações. Caso a intenção seja "encorpar" o cabelo e engrossar os fios, a fase indicada é a cheia —oportuna também para hidratações.

A lua crescente serve para aparar as pontinhas, renovando-as e estimulando o crescimento. "Só não é favorável para se ter durabilidade, ou seja, um corte que dure bastante, pois a energia da lua crescente é mais imediatista", diz Nanda Ribeiro. Nesse caso, é melhor optar por outras fases.

Influência na gestação e no parto

A lua nova é a que mais favorece os partos, que costumam ocorrer de forma rápida e espontânea durante seu ciclo. A crescente é igualmente boa, pois nela a dilatação geralmente acontece de forma mais tranquila.

Na fase de lua cheia os partos são mais recorrentes —podem acontecer de forma adiantada. "Mas é ótima para quem quer engravidar, pois é uma fase que provoca aumento da fertilidade", conta a astróloga. A minguante, por sua vez, é a menos apropriada para os partos, pois não é raro ocorrerem complicações e demora.

As luas dão, inclusive, uma ajudinha para identificar o sexo do bebê. "Há uma tradição que diz: se a concepção ocorrer durante a lua crescente, a chance é maior de nascer menina; se for na transição da crescente para a cheia, é muito mais provável que seja um menino", conta a astróloga.

Pretende viajar? Saiba a melhor lua

A lua nova é ótima para fazer o planejamento de viagens. Pensar nos detalhes e organizar a "trip" nesta fase —que é considerada a melhor para se "plantar sementinhas a fim de colher fartura depois"— significa que o passeio terá melhores chances de fluir dentro da expectativa e da programação.

Agora, para viajar mesmo, a lua crescente se mostra bom período, já que traz uma energia de comunicação e movimento. A fase cheia também é apropriada, sobretudo para as românticas. "Mas por ser um momento com emoções à flor da pele, também podem acontecer alguns desentendimentos", avisa Nanda Ribeiro.

Enquanto isso, a lua minguante é recomendada para passeios introspectivos. "É ótima ocasião para estar com pessoas muito próximas e íntimas ou viajar sozinho, pois a ocasião é para se reconectar com a essência e aproveitar a própria companhia", opina a astróloga.

Fases para trabalhos espirituais

Até para a realização de simpatias e rituais mágicos é aconselhável considerar as fases lunares. "Toda lua serve para uma determinada situação. Depende do objetivo", observa. Segundo a especialista, é mais apropriado:

  • Na lua nova, fazer simpatias ou rituais que envolvam novos começos, do tipo: manifestar, escrever no papel desejos que queira realizar, queimar e depois jogar na água corrente.
  • A fase crescente é boa para simpatias de prosperidade, feitiços para atrair sorte, crescimento e abertura de caminhos financeiros. Até mesmo para amor pode ser interessante, quando se quer que o relacionamento cresça ou a intenção seja atrair alguém.
  • Mas a lua cheia é a melhor fase para rituais, banhos, feitiços para nutrir a alma e transbordar sentimentos e emoções, principalmente o amor, inclusive o por si mesmo, o dito amor-próprio.
  • Enquanto isso, a minguante é a fase mais indicada para rituais de desapego e fins de ciclos.

O que é melhor evitar

Por ser um período de olhar para frente e seguir adiante, a lua nova não é momento para ficar nostálgico, se prendendo ao passado. Quem fizer isso só vai encontrar dificuldades para o processo de desenvolvimento pessoal.

Já a lua crescente não é tão favorável para se comprar qualquer tipo de produto, de alimentos a utensílios domésticos, que tenham vida útil curta. Por ser um período mais "imediatista", pode comprometer a durabilidade dos itens.

Justamente por isso, também não é recomendado cortar o cabelo, se não quiser ter de voltar ao salão de beleza muito em breve. "Depilação, limpeza de pele e tratamento para emagrecer são outros procedimentos que devem ser evitados, porque não vão durar muito", avisa Nanda Ribeiro.

Ainda não é boa ocasião para poda de flores e árvores e até cortar grama, já que a energia é de crescimento e não de eliminação.

Se possível, na lua cheia, é melhor evitar qualquer tipo de situação com riscos de discussões. Rompimentos de relação, divórcios, demissões ou pontos de vista diferentes podem virar coisa séria, pois o ciclo é de emoções à flor da pele.

A impulsividade da ocasião também oferece risco de acidentes, então é bom controlar as atitudes e pensar antes de tomá-las. A fase igualmente não é favorável para mudança de casa. "A lua cheia é o ápice na lunação, em que o ideal é dar forma e continuidade, e não mudar", esclarece a astróloga.

Por fim, na fase minguante, aconselha-se reduzir as atividades sociais, evitando-se festas, comemorações ou reuniões com muita gente. "É um momento de introspecção, que gera muitas reflexões. Mas se não tiver jeito, deve-se ter cuidado com a carência excessiva e não enfiar os pés pelas mãos no contato com as pessoas", orienta.

Calendário lunar 2022

Confira as datas em que teremos trocas de fases de luas, ao longo de 2022:

  • Lua nova: 2 de janeiro, 1 de fevereiro, 2 de março, 1 de abril, 30 de abril, 30 de maio, 28 de junho, 28 de julho, 27 de agosto, 25 de setembro, 25 de outubro, 23 de novembro e 23 de dezembro.
  • Lua crescente: 9 de janeiro, 8 de fevereiro, 10 de março, 9 de abril, 8 de maio, 7 de junho, 6 de julho, 5 de agosto, 3 de setembro, 2 de outubro, 1 de novembro, 30 de novembro e 29 de dezembro.
  • Lua cheia: 17 de janeiro, 16 de fevereiro, 18 de março, 16 de abril, 16 de maio, 14 de junho, 13 de julho, 11 de agosto, 10 de setembro, 9 de outubro, 8 de novembro e 8 de dezembro.
  • Lua minguante: 25 de janeiro, 23 de fevereiro, 25 de março, 23 de abril, 22 de maio, 21 de junho, 20 de julho, 19 de agosto, 17 de setembro, 17 de outubro, 16 de novembro e 16 de dezembro.