PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Manifestação: como alcançar objetivos jogando intenções para o universo

Manifestar os desejos depende apenas de acreditar - Getty Images
Manifestar os desejos depende apenas de acreditar Imagem: Getty Images

Claudia Dias

Colaboração para Universa

19/05/2021 04h00

É fato: para conquistar algo que se deseja muito, é preciso batalhar, correr atrás, muitas vezes por bastante tempo. Mas faz diferença, também, empregar energia positiva para alcançar tal objetivo. Nesse contexto é que entram as técnicas de manifestação e atração, em que as intenções são expressadas para o universo, com base no autoconhecimento.

"Manifestar nada mais é do que se apresentar, declarar, mostrar, dar sinais, revelar, fazer-se", resume Hávini Sá, coach de transformação, terapeuta de expansão da consciência, thetahealer, palestrante de manifestação e motivação.

De acordo com Hávini, cada pensamento cria um fluxo de energia dentro e ao redor das pessoas e essa energia atrai sua semelhança. "Então, se alguém pensa: 'eu sou um fracasso', a energia é baixa, fraca e vai atrair mais experiências fracassadas. Mas se os pensamentos são de alto nível, como: 'eu posso', a pessoa exala uma energia de confiança, que atrai grandes experiências para a vida", exemplifica.

A terapeuta, que também é escritora, idealizadora e líder do "O Poder dos Mantras", reforça: "pensamentos criam palavras, palavras geram atos, atos manifestam a pessoa, ou seja, pensamentos, palavras e atos geram a energia que cria a realidade desejada". "E isso é manifestação", completa.

É preciso se autoconhecer

Para usar o poder energético, é necessário acreditar que todas as manifestações começam em ideias, sentimentos e emoções. Por isso, tudo que é negativo deve ser eliminado para não atrapalhar o processo, inclusive pensamentos.

"É importante cada um conhecer a sua luz e a sua sombra, previamente, trabalhando e identificando ego, orgulho e humildade. Só é possível praticar as técnicas de manifestação e atração acessando o seu autoconhecimento", ressalta Angelita Lombarde Divino, instrutora de yoga e terapeuta integrativa, do Espaço Praticando o Amor - Yoga & Terapias Integrativas (https://instagram.com/angelitalombarde_yoga_terapias).

Por isso, é necessário reconhecer não apenas habilidades e dons (luz), mas também dificuldades (sombra), mantendo-se consciente de todas as características pessoais. "É preciso ter clareza, porque se nem a pessoa souber o que quer, como o universo poderá lhe dar?", observa a especialista.

Por onde começar

É justamente por essa necessidade de compreensão dos objetivos e suas prioridades que Angelita recomenda dar início à prática com algo mais simples, ou seja, mais fácil de ser concretizado. Para isso, com as intenções definidas e às claras, antes de trabalhar a manifestação, deve-se reservar um espaço tranquilo, em que não haja risco de interrupções.

Na sequência, é necessário desprender-se das preocupações. "Observe cada uma delas, mas não se apegue. No momento oportuno, serão revisitadas, uma a uma, para identificar a melhor solução, mas é preciso focar no agora", ensina. Vale convidar boas energias para o momento, como anjos pessoais.

Como manifestar

  • Defina um horário, dando preferência para o período da manhã, sempre na mesma hora. Faça isso após suas orações, meditações etc. Silencie por, no mínimo, 1 minuto.
  • Tenha um caderno de intenções, desejos, manifestações. Anote a lápis o dia do registro, qual a intenção e prazo para alcançá-la. Mantenha sob segredo, até conseguir realizar.
  • Diariamente, faça uma visualização criativa da intenção já manifestada, melhorando os detalhes a cada vez. "Crie um cenário, real ou imaginário e seja protagonista da história. Visualize cores, pessoas, movimentos, traga cheiros, sensações, emoções. Olhe nos olhos de cada integrante do cenário, perceba o sorriso, a celebração. Olhe para fora e veja o sol pela janela, sinta o cheiro da terra molhada ou da grama orvalhada. Por último, visualize a si mesmo na sua potência máxima transbordando em alegria e celebração", orienta Angelita.
  • Traga a sua melhor emoção para envolver, nutrir e penetrar esse cenário. "Se for difícil trazer essa emoção, procure lembrar-se de momentos felizes - casamento, nascimento de filho, conquista de cargo, formatura, contemplando o nascer ou o pôr do sol, a lua ou algo que te faz vibrar, a partir do seu coração", continua.
  • Por fim, é preciso fazer o esforço adicional para que o desejo aconteça, tomando atitudes práticas a fim de conquistar o objetivo traçado.
  • Quando alcançar a intenção, anote no caderno e agradeça. "A natureza sempre retribui com antecedência. Quando seu desejo for concebido, alegre-se, celebre, vibre, comemore, tanto quanto puder, pois será a base para seus próximos desejos", acrescenta Angelita, também guardiã do Movimento Sagrado Compartilhar e canalizadora do Método RARA.

Manifestação é interior

Hávini Sá salienta que a chave da manifestação é o sentimento, a energia. "E isso só encontramos no nosso mundo interior. Está no abstrato e não no concreto", opina.

Como a profissional lembra, muitas pessoas, quando tentam manifestar, concentram-se demais na forma externa e não na condição interna. "Da perspectiva da manifestação, o que é importante é a nossa experiência interna - quer escolhamos experimentar amor ou medo", finaliza.

Alto Astral