PUBLICIDADE

Topo

Beleza

'Sem monotonia': quem é a maquiadora que apimentou os looks de Hollywood

Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Karina Hollo

Colaboração para Universa

15/09/2021 04h00

Sorvete vira referência de make em tom pastel. Uma paisagem desértica, aos olhos dela, rende uma bela paleta em nuances de nude. Para Jo Baker, maquiadora nascida em Londres e radicada em Los Angeles, a produção para o tapete vermelho vai muito além de marrom nos olhos, delineado gatinho e vermelho tingindo os lábios. Criativa e arrojada, ela estendeu a paixão pela arte à bancada de sombras, batons e blushes. Com sensibilidade e um olhar que nada despreza, tira inspiração de tudo o que é canto para maquiar algumas das maiores celebridades do mundo em momentos de tapete vermelho.

Tudo começou quando trabalhava com a marca canadense de maquiagem M.A.C. nos backstages das semanas de moda de Paris e Londres em meados dos anos 2000. À época, foi chamada pelo músico Usher para desenhar alguns looks para uma turnê mundial. Jo se mudou para os Estados Unidos e, a partir daí, só ganhou espaço na moda.

Pelas suas mãos e pincéis, já passaram as atrizes Lucy Boynton, Salma Hayek, Natalie Portman, Julianne Hough, Jennifer Lawrence, Lili Reinhart, Jessica Chastain, Sharon Stone, Queen Latifah, Robin Wright, January Jones. Achou pouco? As cantoras Mariah Carey e Miley Cyrus também estão na lista, junto do ator George Clooney.

E, se existe a dualidade entre as mulheres que se sentem obrigadas a usar maquiagem e aquelas que a usam para se expressar, Jo faz parte do segundo grupo. "Vejo como uma ferramenta sem limites, quer você goste de realçar sua beleza natural de maneira suave ou de adicionar cores expressivas, divertidas e extremas. Ela pode atender todo mundo", diz com exclusividade a Universa. A seguir, Jo conta sobre como vem apimentando a maquiagem das premiações.

UNIVERSA: Como a maquiagem social no tapete vermelho pode ser ousada e subversiva?
JO BAKER: A maquiagem no tapete vermelho sempre foi previsível e glamorosa -- focando no "embelezamento". Eu me cansei da monotonia, dos mesmos velhos looks: olhos esfumados, lábios vermelhos, blá, blá, blá. Comecei a me sentir contida e restrita a um nível chato de beleza. Então, um dia, comecei a fazer a maquiagem que eu queria e idealizava. Sempre acreditei que deveria haver mais diversão e inovação para esse público e percebi que as pessoas estavam prontas para isso.

Até onde você pode inovar e trazer frescor em situações de gala?
Vejo cada evento como uma oportunidade de usar todo o meu kit de maquiagem. Não quero apenas esperar pelo Met Gala, baile do museu Metropolitan de Nova Iorque, que é reconhecidamente ousado, uma vez ao ano. Todos os eventos são oportunidades de mostrar algo diferente e mágico -- e é isso que adoro fazer.

Não é porque a noite é casual e discreta que temos que ser discretas e casuais. Cada momento no tempo é uma possibilidade de expressar, criar e fazer uma declaração

E eu amo ter sido capaz de jogar atenção às minhas atrizes promissoras, o que geralmente é reservado para as estrelas veteranas da lista A.

Quais são suas técnicas de make favoritas?
Eu adoro usar linhas e simetria. Os rostos não são simétricos. Então, para criar um visual simétrico, é necessário um olhar cuidadoso e um toques delicados para equilibrar. O desafio me encanta.

O que você leva em conta ao criar uma maquiagem?
Eu penso em tudo: cada cor, cada camada de vestido, material, forma, tecido, textura, tipo de pele, local, evento, fuso horário. Eu considero tudo quando se trata de criar um look.

Como você define as suas referências? Você cria um mood board?
Tenho um milhão de referências circulando na minha cabeça -- não costumo compartilhar as ideias com meus clientes, porque não existem exemplos visuais da maioria. Por isso, tenho que descrevê-las e mostrá-las. Minhas clientes confiam em mim e nas minhas visões para elas e é assim que crio os meus melhores trabalhos.

As atrizes estão abertas a essas novas coisas que você propõe?
Mais do que nunca! Ao longo dos anos, fiquei conhecida por minha abordagem inovadora para tapetes vermelhos. E a essa altura, se uma atriz quer trabalhar comigo, geralmente é porque está interessada em ser vista de uma forma única, individual e de destaque.

Manifesto por uma beleza mais Universa

O "Manifesto por uma beleza mais Universa" defende a jornada de autoconhecimento que acontece por meio do autocuidado e da beleza. Ele foi desenvolvido a partir de uma poesia exclusiva da escritora brasileira Ryane Leão, que narra e também protagoniza as cenas. Além dela, participam ainda as maquiadoras Fabi Gomes, Magô Tonhom e Savana Sá, a criadora de conteúdo Babi Louise e a apresentadora Cris Guterres. O vídeo é uma produção do UOL em parceria com a produtora Bela Baderna, sob direção de Fernanda Frazão. Assista na íntegra:

Beleza