PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Cristais zelam por energia positiva dos quartos da casa. Veja como usá-los

Pedras têm poder de transformar a energia dos ambientes em que casal, adolescentes e crianças ficam mais; terapeuta holístico ensina a usá-las - 	Serena Williamson/iStock
Pedras têm poder de transformar a energia dos ambientes em que casal, adolescentes e crianças ficam mais; terapeuta holístico ensina a usá-las Imagem: Serena Williamson/iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

19/06/2021 04h00

Mais do que bonitas pedras coloridas, os cristais carregam uma energia poderosa, capaz de equilibrar ambientes e afastar fluxos negativos. Por isso, são itens recomendados para toda a casa. Dentre os cômodos, porém, os quartos apresentam particularidades, que têm a ver com ocupantes ou propósitos.

Com ajuda do terapeuta holístico e professor de curso sobre cristais e pedras Thiago Anselmo listamos abaixo as melhores opções para cada tipo de ambiente. O consultor também indica como usá-las.

Como usar cristais nos quartos da casa

Quarto de casal

Para o ambiente ocupado pelo par, o ideal é optar por cristais que facilitam os relacionamentos, fortalecendo o entendimento e cooperação. Nesse caso, o quartzo rosa é tido como excelente alternativa, pois gera união, calma e harmonia nas emoções. Ainda fortalece o amor-próprio e a empatia. Deve ser mantido perto da cabeceira da cama ou junto de outras pedras, em algum ponto visível no cômodo.

A fluorita, por sua vez, é boa para diluir energias emocionais desequilibradas, permitindo que sejam transmutadas e positivadas. Esse cristal multicolorido também ajuda na autoconfiança e nas decisões de ambos ocupantes do quarto.

Opala, por fim, é outro cristal bastante versátil, muito bom para quartos de casal. "Traz equilíbrio emocional, tolerância, paciência, compreensão, beleza e intuição, tanto para cada pessoa, quanto para o casal", diz Thiago Anselmo.

Quarto de adolescentes

Como observa o especialista, o aposento ocupado por adolescentes pede cristais que facilitem o contato com a essência individual. "Vão estimular que se encontre, conheça a si mesmo, sem inseguranças e medos", comenta.

A calcita amarela é uma das indicações, por auxiliar a consciência do adolescente a ter claridade e a se sensibilizar com o intelecto, a sabedoria interior e a conexão com o "eu". Ajuda igualmente nas questões humanas e no desenvolvimento da personalidade.

"Junto com a amarela, todos os tipos de calcitas — laranja, dourada, azul, ótica etc — são bem-vindos, pois o ensinamento principal dessa pedra é a arte de ser, de conhecer a si mesmo em todos os níveis com segurança e a autoaceitação", orienta Thiago. As calcitas são boas para essa fase em que costuma haver muita insegurança frente às cobranças sociais e de determinados grupos.

calcita - PamWalker68/Getty Images/iStockphoto - PamWalker68/Getty Images/iStockphoto
Calcita é cristal indicado para colocar no ambiente em que jovens ficam com mais frequência
Imagem: PamWalker68/Getty Images/iStockphoto

Também é recomendado o quartzo fumê, um verdadeiro escudo contra energias negativas que podem chegar através de más influências. O cristal estabiliza as emoções e traz segurança contra o medo do pior. Ainda ajuda a trazer e encorajar a experimentação, junto com entusiasmo e prudência. Evita igualmente o pessimismo vibratório, trazendo equilíbrio interno e otimismo.

No ambiente dos adolescentes, as pedras podem ficar na cabeceira da cama, em escrivaninha ou locais utilizados para estudo.

Quarto de criança

Nesse cômodo, os cristais podem ser mantidos em qualquer lugar, fora do alcance e garantindo a segurança dos ocupantes mirins. Há três principais indicações.

A primeira opção é o berilo, bom para a vida afetiva dos adultos, mas que ajuda na conexão afetiva entre crianças e pais. Da mesma forma, ajuda a filtrar referenciais negativos, estimulando os positivos. "É conhecido como pedra que auxilia no desenvolvimento infantil, facilitando o aprendizado, a leitura e a proteção", pontua Thiago.

Selenita é outra indicação fundamental para ser mantida por perto dos menores, pois é a pedra importante para contato com anjos. "A selenita ajudará bastante no desenvolvimento do laço e cordão positivo com o anjo da guarda", esclarece o especialista.

Já a calcita rosa - pedra poderosa no auxílio da cura da criança interior em adolescentes e adultos, ajudando a remover traumas e sensações negativas ligadas ao passado - pode ser empregada desde a infância. Segundo Thiago, ela ajuda a trazer registros de amor e acolhimento, seja do anjo da guarda ou dos pais. Ainda estimula a conexão positiva com os genitores.

Quarto de visitas

O cômodo de dormir ocupado eventualmente por visitantes pede pedras mais sutis e tranquilas. A ametista é uma delas, pois proporciona bastante tranquilidade ao ambiente, bem como conexão com energias positivas onde a visita pode ser positivamente influenciada. Como afeta favoravelmente a noite de sono e meditações, indica-se deixá-la na cabeceira da cama.

agata - Joel Papalini/Getty Images/iStockphoto - Joel Papalini/Getty Images/iStockphoto
Ágata pode ser colocada na cabeceira da cama para atrair boas energias
Imagem: Joel Papalini/Getty Images/iStockphoto

Outra sugestão para a cabeceira é a ágata azul - também chamada de azul rendada ou blue lace.

Assim como todas as ágatas, promove amizades e justiça. Junto com essas vibrações, traz harmonia nos relacionamentos familiares e de amizades, e evita brigas e desentendimentos.

Por ser uma pedra de proteção, a hematita igualmente é recomendada para o cômodo, mas deve ser mantida perto da porta de acesso ou na própria estrutura (como se fosse um enfeite). Assim, energias negativas que por acaso venham com as visitas ficam do lado de fora. A pedra também pode ser instalada na porta de entrada da casa, com a mesma finalidade.

Alto Astral