PUBLICIDADE

Topo

Entenda por que proteger o umbigo é tão importante na espiritualidade

Entenda porque o umbigo é tão importante na espiritualidade - Getty Images
Entenda porque o umbigo é tão importante na espiritualidade Imagem: Getty Images

Claudia Dias

Colaboração para Universa

29/03/2021 04h00

Além de ser o canal de conexão de um ser humano com o outro, o umbigo tem função relevante dentro da espiritualidade. Isso porque a região do plexo solar, onde se encontra o chakra umbilical, é responsável pela geração de ectoplasma.

"Ectoplasma é uma energia bem sutil, que atua nas curas, principalmente nas realizadas através de sessões mediúnicas", explica a mística espiritualista Cigana Kélida, também psicanalista, hipnóloga e terapeuta holística reikiana.

Segundo ela, o chakra umbilical tem uma importância muito grande dentro da espiritualidade, porque faz com que o ser humano se mova, vá para frente. "É aquele que gere, que dá a energia vital. Também é o que guarda tudo aquilo que faz o corpo se movimentar, se abastecer e se sentir vivo", explica.

É por isso que a cor do chakra umbilical é o laranja, igualmente associado à energia. "Quando alguém está precisando de energia, inclusive, pode usar algo dessa cor, seja uma pedra ou uma roupa, e automaticamente já estará mais conectado com a energia viva", ensina.

O chakra umbilical também corresponde à saúde do quadril, dos órgãos reprodutores e de tudo aquilo que é líquido. "É por isso que o chakra umbilical tem uma importância muito grande para os seres humanos, exatamente por mover, pelo aspecto da reprodução e energia que nos fornece", reforça Kelida.

Canal para conexão de encosto

Desencarnados que ficam vagando na terra, considerados espíritos perturbadores, menos evoluídos, os chamados encostos se conectam com o ser humano através do chakra coronário, ou seja, através dos pensamentos. Outra possibilidade é se conectarem através do umbigo.

"Quando um encosto ataca o chakra umbilical, a pessoa se sente cansada, sem motivação, sem vitalidade. Por isso, vai procrastinar, deixar tudo pra depois e é exatamente isso o que ele quer", aponta.

Tal ação ocorre porque, uma vez fragilizada, a pessoa tem seu mental atacado pelo encosto. "Aí vira um prato cheio pra mensagens obsessoras. O umbigo tem tudo a ver com os espíritos obsessivos porque é onde eles sugam energia e onde eles se conectam", frisa Kelida.

Proteger umbigo é recomendado

Se alguém permite que uma energia intrusa entre através do umbigo, é acometido por uma espécie de desregulação, que afeta todos os demais chakras. "O chakra umbilical é responsável pelo equilíbrio de todos os outros", pontua Kelida.

Por isso, tampar o umbigo é uma forma de proteção, para que a pessoa não doe energia nem receba energia negativa de outra, já que se trata do ponto de conexão entre dois indivíduos.

Para tanto, pode ser usado um esparadrapo, um algodão ou band-aid, a fim de proteger a área mais funda do umbigo, que tem que ficar escondida e protegida.

Se a área umbilical é saltada, mais avantajada para fora, é melhor tomar alguns cuidados extras. "Nesse caso, utilize uma gaze com as laterais fixadas junto ao corpo, para que não toque no umbigo", ensina a mística.

Dor nem sempre é questão espiritual

Sentir dor no umbigo não se trata, necessariamente, de algum tipo de sinal de problema com origem espiritual. Segundo a espiritualista, tem mais a ver com a saúde. Por isso, a primeira checagem a ser feita é investigar como estão as regiões do corpo que são nutridas pelo chakra umbilical.

"Inicialmente, deve-se enxergar os órgãos reprodutores, da pelve, rins, bexiga, próstata, fazer um exame de sangue", orienta. De acordo com ela, o primeiro sinal de ataque espiritual inclui de desânimo e cansaço, querer dormir, ter sono excessivo. "Sabe quando, às vezes, do nada bate aquele cansaço? É isso! Dor é uma questão mais voltada à saúde", diferencia.

O que nunca fazer

Kelida reforça que, por ser "sagrado", devem ser evitadas algumas práticas em relação ao umbigo, como:

  • Limpar em excesso. O melhor é fazer com parcimônia e bastante cuidado.
  • Passar perfumes ou cremes com cheiros.
  • Usar pedras ou cristais. Apenas ao redor dele está liberado.
  • Colocar o dedo no umbigo de alguém ou vice-versa. "Nem de brincadeira", frisa Kelida.
  • Passar a mão na barriga de gestantes, na altura do umbigo. "A mulher deve proteger seu umbigo porque o bebê pode se movimentar pela percepção que ele recebe através do chakra umbilical", avisa a mística.

Ritual para equilibrar chakra

Faça um triângulo invertido enquanto medita para garantir que o chakra umbilical fique equilibrado. Para tanto, una os dois polegares da mão, colocando o direito embaixo do esquerdo. Abra bem as mãos e posicione sobre o umbigo. "Por se tratar de um lugar de muita energia, o triângulo de equilíbrio vai beneficiar o chakra", comenta Kelida.

É importante ficar nessa posição por cerca de 10 minutos. Enquanto isso, recomenda-se pedir força, energia positiva e equilíbrio. Ouvir música de meditação durante esse período também ajuda.