PUBLICIDADE

Topo

Mães e filhos

SC: Após ter dois bebês e um par de gêmeos, mãe agora dá à luz trigêmeos

Vitória, Breno e Valentina são trigêmeos e nasceram em Itajaí (SC) - Divulgação
Vitória, Breno e Valentina são trigêmeos e nasceram em Itajaí (SC) Imagem: Divulgação

Giorgio Guedin

Colaboração para Universa, em Blumenau (SC)

27/01/2021 18h57

Um parto de trigêmeos foi realizado ontem na cidade de Itajaí, litoral norte de Santa Catarina. O procedimento, que já é considerado raro na medicina, aconteceu após a mãe ter duas filhas nas duas primeiras gestações e gêmeos na terceira. Os recém-nascidos estão bem. A mãe, contudo, teve que ser internada na UTI da unidade hospitalar e está em estado grave.

Vitória, Breno e Valentina nasceram de 36 semanas de idade gestacional e não são univitelinos. De acordo com o Hospital Marieta Konder Bornhausen, onde foi realizado o parto, o trio nasceu totalmente saudável de uma cesariana no Centro Obstétrico da instituição.

Eles também não precisaram ser transferidos à UTI neonatal, comuns nestes casos. As médicas Thatyane Zanata e Débora Cristina Siqueira fizeram o parto.

A mãe, Camila Cassimiro da Conceição, e o pai, José, moram em Itajaí.

Mãe em estado grave

No início da tarde de hoje, a assessoria de comunicação da unidade hospitalar informou que, após o nascimento ter transcorrido de forma normal, Camila precisou ser internada na UTI, pois "evoluiu com intercorrência importante após o parto, sendo necessária uma intervenção cirúrgica", sem passar outros detalhes.

Universa questionou no início da noite sobre o quadro de saúde da mãe, mas assessoria afirmou não havia recebido mais atualizações desde então. Os bebês continuam com saúde estável.

Confira a íntegra da nota do hospital:

"O Hospital Marieta informa que a paciente Camila, que teve seu parto cesariana por trigemelar na tarde de ontem (26/1), evoluiu com intercorrência importante após o parto, sendo necessária uma intervenção cirúrgica. Neste momento ela se encontra em estado grave, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI)".

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado, o casal teve sete filhos, e não seis. A informação foi corrigida.

Mães e filhos