PUBLICIDADE

Topo

Beleza

Em vídeo, asiáticas mostram como mudam o rosto com cera, massinha e adesivo

Mudança maquiagem de mulheres asiáticas - Reprodução/twitter
Mudança maquiagem de mulheres asiáticas Imagem: Reprodução/twitter

De Universa

02/11/2020 16h08

Um adesivo nas laterais do rosto, uma "massinha" dentro e outra sobre o nariz, lentes de contato e cílios postiços. Todos esses recursos estéticos fazem parte de uma sequência de transformação que mulheres asiáticas têm exibido nos últimos anos nas redes sociais.

Em um vídeo famoso nas redes, elas surgem "montadas", seguindo padrões de beleza ocidentalizados, e vão exibindo um passo a passo de volta a seus os rostos naturais, sem truques ou maquiagem.

Tamanha diferença do "início de um sonho" e o "toda natural, bonita pra caramba" — para usarmos dois memes que também são famosos no Twitter — fez com que seguidores se questionassem sobre o uso de intervenções e cosméticos para que as mulheres ganhem um "rosto de filtro de Instagram". Muitos usuários também ficaram curiosos sobre a "massinha" usada por elas para o nariz.

O que é sucesso nos rostos asiáticos

O vídeo mostra a transformação de cinco mulheres que voltam à aparência natural, tirando tudo que tinham colocado no rosto para gerar um resultado estético como pele muito clara, olhos abertos e vibrantes, bocas sexy e narizes finos.

Não é possível saber se, além da maquiagem e acessórios, há algum efeito ou filtro de aplicativo. Entre os apetrechos, há um adesivo no rosto que "puxa" a papada (já antes inexistente), cílios postiços, lentes de contato, base para a pele e muita make.

maquiagem asiática - Reprodução/Twitter - Reprodução/Twitter
Uma das mulheres retira "nariz fake" feito com maquiagem
Imagem: Reprodução/Twitter

Uma das intervenções mais comentadas é a feita com uma espécie de massa que elas colocam dentro do nariz: o material, aparentemente, faz com que o formato do nariz fique diferente, mais empinado e "ocidentalizado".

Para mudá-lo, elas também acrescentam uma cera, usada geralmente para maquiagem profissional em caracterizações e festas, como o Halloween. O produto faz parte da rotina de quem faz maquiagem protética ou "de cinema", mas aparentemente elas migraram para um recursos do dia a dia.

No Twitter, houve quem questionasse -todos ocidentais- a forma com que elas mudam o rosto e como isso afeta a relação que têm com autoestima e a tentativa de se encaixarem em padrões de beleza inalcançáveis.

Beleza