PUBLICIDADE

Topo

Alto Astral

Pensar positivo impacta de que forma no dia a dia?

Como criar um padrão novo, de positividade, sem deixar de estar no mundo real? - iStock
Como criar um padrão novo, de positividade, sem deixar de estar no mundo real? Imagem: iStock

Claudia Dias

Colaboração para Universa

10/10/2020 04h00

A gente sabe: não tem sido fácil manter o astral lá em cima, assim como o olhar positivo diante do momento atual e do futuro incerto. Mas em vez de impulsionar o pessimismo, lamentando situações complicadas ou que não ofereçam soluções rápidas, que tal mudar a forma de encarar a vida e adotar uma postura mais positiva? Spoiler: você só tem a ganhar.

O pensamento e a visão mais otimistas proporcionam novas ideias e maior criatividade. Também tornam o dia a dia bem mais leve. "A positividade é um exercício essencial para o bem-estar e para a saúde emocional porque requer e, ao mesmo tempo, fomenta a autorresponsabilidade e o autoperdão", argumenta Heloísa Capelas, especialista em autoconhecimento e inteligência emocional e autora de "O Mapa da Felicidade" e "Perdão, a Revolução que Falta" (Editora Gente).

De acordo com ela, para se ter uma visão positiva, é preciso compreender e aceitar que os acontecimentos nem sempre tão agradáveis vão ocorrer de um jeito ou outro, às vezes em decorrência de escolhas feitas pela própria pessoa, às vezes por fatos que se desenrolaram sem qualquer participação desse alguém.

A única parte que cabe ao envolvido é decidir a forma com que vai lidar diante do fato. "Na positividade, é feita uma mudança de paradigma. Em vez de se perguntar 'Por que eu?' ou 'Por que comigo?', você diz: 'Para que isso me aconteceu?'. E, em vez de se culpar e dizer 'Olha o que eu causei', começa a dizer: 'Na próxima vez, o que eu posso fazer de diferente?'", exemplifica a especialista, que é CEO do Centro Hoffman.

A mudança de postura é clara: ao invés de se colocar como vítima da situação, o lance é assumir a responsabilidade para compreender e agir diante do inesperado. "Um me deixa presa no passado; o outro me dá o poder de decidir, no presente, o que quero viver no futuro", pontua Heloísa.

Erik Penna, palestrante motivacional, autor de seis livros e especialista em empreendedorismo e vendas, ressalta que otimismo é aliado para superar momentos complicados. Além disso, reflete na saúde de todo indivíduo. "Estudo da Universidade de Boston mostrou que as pessoas otimistas costumam ter de 11% a 15% a mais de tempo de vida do que os pessimistas", conta.

Segundo ele, pesquisas variadas também já mostraram que o simples fato de alguém mentalizar algo positivo sobre determinada situação que poderá ocorrer no futuro aumenta em até 27% a liberação de endorfina, o hormônio conhecido como analgésico natural.

Pensar positivo é uma prática diária

Uma pessoa com olhar mais negativo pode treinar sua forma de ver a vida e se tornar mais positiva e otimista, sim. E isso é uma prática que pede dedicação no dia a dia (leia mais abaixo).

"Todo pensamento, no final do processo, se torna hábito e nossos hábitos diários criam nossa realidade. Se quero viver melhor, preciso pensar melhor. Se quero ter saúde mental, eu preciso examinar como penso", argumenta William Sanches, escritor e terapeuta, autor de "Desperte a Sua Vitória" (Luz da Serra Editora).

Ele exemplifica: "Posso olhar a chuva e amaldiçoar, xingar a lama que faz, o frio e o estrago ou posso abençoar, dizendo o quanto a chuva limpa o ar, alimenta as plantas e é imprescindível para a vida humana. São formas de pensar".

William reconhece que, no início, pode parecer um pouco mais desafiador adotar essa mudança de postura mas, depois, torna-se hábito. Além do mais, o resto tende a engrenar e acontecer naturalmente. "O importante é começar", afirma.

Mas o otimismo não pode se afastar da realidade. "Quando falamos em pensamento positivo, não se deve fingir que nada está acontecendo ou ser irrealista em pensamentos, sentimentos e comportamentos", frisa Heloisa.

Exemplo: em tempos de pandemia, sair desprevenido na rua, sem tomar as devidas precauções contra a Covid-19 e acreditar que não será infectado, não é ser positivo. "Ser positivo é adotar todas as medidas necessárias e saber que está fazendo sua parte, e que sua parte importa para dar fim à pandemia", ilustra Heloísa.

Mudança vem com o tempo

Pode demorar um pouquinho mais para um ou outro, mas a mudança do negativo para o positivo acontece, sim. "Se a pessoa tiver a força de vontade de criar novos padrões para ela, com certeza sai na frente, até porque sem força de vontade nada se constrói", diz William Sanches.

Ele, que propõe a mudança de mindset, ou seja, do padrão mental, observa ser necessário repetir algo bastante, até que isso se torne um padrão. "É igual com a nossa mente: todos os nossos pensamentos viram palavras, que viram atitudes, que se transformam em hábitos. E nossos hábitos constroem nossa realidade", afirma.

Uma dica do especialista: em vez de falar sobre tempos difíceis, prefira classificá-los como "desafiadores". "Quando digo que algo é difícil, já construo um muro 'difícil' de pular, à minha frente. Quando digo que algo é desafiador, construo pontes que me levam a novos lugares", justifica.

Na visão holística, ação gera reação

A mística espiritualista Kélida também é defensora da positividade no dia a dia. "Tudo que está à nossa volta é espiritualidade, é energia. E tudo envolve a lei da ação e reação: se pede-se o mal, uma hora ou outra, ele te encontra no caminho da volta, da mesma maneira que, se desejar vitória, amor ou harmonia, isso também chegará até você", exemplifica.

Ela reconhece que o sentimento de enxergar o lado bom em tudo pode parecer uma síndrome de Poliana, mas reforça a necessidade da prática. "Quando acontecer algo de diferente ou estiver buscando apenas respostas, pergunte: 'Universo, como isso pode melhorar?' ou 'O que preciso saber sobre esse acontecimento?' Em qualquer situação essa pergunta pode modificar completamente sua energia, transmutando o negativo em positivo", garante.

O momento atual, aliás, é propício para isso. "Aproveite que a grande maioria da população está com mais perguntas do que respostas e deixe as boas energias respondê-las. Independente de crença ou religião, as respostas estão prontas. E o melhor: elas são sempre altruístas", afirma Kélida.

Pensar positivo requer estratégia: passos

  • Pratique o otimismo

Mudar a forma de pensar e olhar o mundo, abrindo espaço para a positividade, é algo a ser treinado no dia a dia. Os especialistas Erik Penna, Heloísa Capelas e William Sanches dão 13 dicas do que pode ser aplicado para alcançar esse objetivo:

  • Faça uma autoanálise

O autoconhecimento é importante: ao se olhar e se conhecer melhor, é possível perceber como e quais fatores negativos impactam a própria vida. Frases inconscientes como: "É melhor desistir" ou "Não vai dar certo" prejudicam a saúde emocional. Por isso é importante analisar as atitudes - o que e quando pensa dessa maneira e como se sente e reage, por exemplo.

  • Foque no presente

O ontem já foi e o amanhã não chegou. Faça o exercício de fincar os pés no presente e lembre-se de que o único momento que se tem disponível, realmente, é o agora. Positividade não significa manter-se alegre o tempo todo, mas estar íntegro e integrado. Na prática, é lembrar que pertence a este mundo e pode escolher como se posicionar nele, de modo completo, com todas suas capacidades e inteligências.

  • Enfatize o positivo

Preste atenção e procure algo de positivo em qualquer situação, focando no lado bom. Eleja a boa notícia das últimas horas ou algo legal que aconteceu no dia. O simples hábito de procurar um aspecto positivo ajuda a construir uma visão mais otimista no cotidiano.

  • Seja grato e gentil

Quem pratica a gratidão é mais feliz, criativo e menos propenso à ansiedade e à solidão. Agradeça desde os detalhes do cotidiano - a saúde, o trabalho, a família… - e se habitue a elogiar, pelo menos, três pessoas por dia.

  • Lembre-se que vai passar

Por mais difícil que um momento pareça, é preciso ser resiliente para superar as turbulências. Mais fácil e motivador é pensar que se trata apenas de uma fase que logo será superada.

  • Comemore as vitórias

Não espere perder algo para dar o devido valor. Valorize e celebre cada conquista, o que vai aumentar a motivação no dia a dia.

  • Assuma responsabilidades

Autopiedade e sentimento de "coitadinho" só atrapalham o desenvolvimento pessoal, assim como a mania de culpar os outros pelo que acontece de negativo na vida. Responsabilizar-se pela própria felicidade é necessário para se tornar protagonista da própria existência.

  • Não banque a vítima

Ao se colocar num lugar em que só se vê desgraça, tragédia e situações ruins, vitimizando-se, com muito pessimismo e negatividade, é muito mais difícil enxergar tantas coisas boas que acontecem no entorno, assim como as conexões positivas.

  • Desative crenças limitantes

Crença é aquilo que se acredita com força, algo instalado no inconsciente e armazenado como uma verdade absoluta. Podem, porém, limitar ou impedir avanços pessoais, dependendo do seu teor. É preciso desmanchá-las.

  • Conheça sua força interior

Para mudar um padrão mental, é necessário conhecer as forças individuais e aprender a lidar com elas. Quando tudo fica às claras, o próprio corpo reage, ficando mais atento e disposto a entrar em ação, proativo e confiante.

  • Troque expressões

Esqueça frases negativas e passe a adotar outras mais otimistas, do tipo: "Eu posso", "Eu me aprovo", "Eu estou comigo", "Sou criativo"... Repita pelo menos por três semanas, tempo suficiente para sentir a diferença na forma de se autoavaliar.

  • Olhe-se no espelho e ame-se

Pare de encontrar defeitos em você toda vez que olhar para um espelho. Ao contrário, faça um autoelogio. Evite que a mente registre pensamentos negativos e passe a criar situações de amor-próprio.

  • Aprenda com erros

Ao sentir que fracassou, pense o que pode aprender com a situação. Faz toda diferença perceber o que é possível mudar ou ressignificar, em vez de investir em pensamentos negativos. Substitua a visão ruim por algo positivo. Logo, se tornará um hábito.

Alto Astral