PUBLICIDADE

Topo

Cachorro com o rosto mutilado após ataque da própria mãe vira cão terapeuta

Após ser atacado pela mãe, o filhote ficou parcialmente cego e teve o rosto permanentemente desfigurado - Reprodução/Instagram
Após ser atacado pela mãe, o filhote ficou parcialmente cego e teve o rosto permanentemente desfigurado Imagem: Reprodução/Instagram

De Universa, em São Paulo

24/07/2020 16h41

Com apenas 13 dias de idade, o pequeno Brodie foi atacado pela própria mãe. O cachorro, que é uma mistura de pastor alemão e border collie, ficou parcialmente cego e teve o rosto permanentemente desfigurado.

Ele chegou a ser adotado por uma família em Alberta, no Canadá, mas os primeiros donos o devolveram alegando que ele era "muito hiperativo". Felizmente, sua vida mudou para sempre quando ele foi adotado pelos namorados Amanda Richter e Brad Ames.

Eles criaram uma conta no Instagram para Brodie, que já conquistou 159 mil seguidores com seu rosto adorável, parecido com uma obra de Pablo Picasso.

E não é só isso: Amanda e Brad perceberam que o cachorro tem uma personalidade gentil e espirituosa, e agora o estão treinando para se tornar um cão terapeuta.

Brodie is thoroughly enjoying his new kiddie pool . What are you guys up to today?! ??

Uma publicação compartilhada por Brodie (@bestboybrodie) em

Os cachorros com esse tipo de treinamento podem ajudar pessoas com deficiências. A ideia do casal é que ele possa inspirar pessoas que também tenham rostos diferentes.

"Ele definitivamente tem muita energia, mas é tão inteligente. O cérebro dele é perfeito, e ele aprende truques em 10 minutos. Isso me diz que ele é muito esperto", disse Amanda em entrevista ao jornal Metro.

Fofuras