PUBLICIDADE

Topo

Moda

Tendência? Não, vem ver qual é a peça mais vendida pela C&A na quarentena

Legging preta foi o item mais vendido pela C&A no Brasil durante a quarentena - Divulgação
Legging preta foi o item mais vendido pela C&A no Brasil durante a quarentena Imagem: Divulgação

Aline Fava

Colaboração para Universa

03/07/2020 04h00

Com shoppings e lojas de rua fechadas durante o período de quarentena para combate ao coronavírus, as lojas online foram a salvação de quem precisou fazer compras nos últimos meses. Teve gente que aproveitou o período para uma faxina no guarda-roupa e outros que se viram diante da necessidade de reforçar as opções confortáveis para garantir os looks de home office.

Universa procurou uma das maiores redes de varejo de moda do país, a C&A, com uma pergunta em mente: qual a peça mais desejada pelos clientes que frequentaram a loja vitual da C&A durante a pandemia?

A gerente sênior de marketing da rede, Mariana Moraes, conta que, em abril -quando já enfrentávamos o isolamento social em todo o país—, a empresa identificou um crescimento de 480% em seu e-commerce quando comparado ao mesmo mês de 2019. E, além disso, hoje, de cada duas compras feitas online, uma é via aplicativo.

Só dá ela: a legging preta

Mas o que as pessoas estão procurando para comprar sem provar e à distância? Com 3.850 unidades vendidas em abril e maio, a peça mais comercializada pela C&A foi uma legging preta de malha, composta por algodão e elastano, que custa R$ 29,99.

"Entre as categorias mais buscadas estão os produtos que trazem uma proposta de conforto aliada a estilo, como é o caso da nossa legging", conta Mariana.

Entre os motivos do sucesso do produto está sua modelagem ajustável ao corpo, o que encoraja a compradora virtual, que não pode testá-la e teria alguma dificuldade em fazer a troca durante a pandemia. Para a gerente sênior de marketing, o motivo para se tornar o sucesso de vendas da rede é versatilidade da legging preta: "Ela é capaz de compor uma infinidade de looks, sendo considerada uma peça-coringa para mulheres de todos os estilos".

Quando vale investir em uma legging?

Para a stylist Nelize Dezzen, do site Garotas Estúpidas, esse é um tipo de peça que, descobrimos na quarentena, vale ter no armário. "Quando a gente percebeu que podia usar roupa de ginástica no dia a dia e, ainda, ficar confortável e estilosa, foi um caminho sem volta",conta.

Ela explica que a legging é a pioneira do conceito athleisure, que, em inglês, é a mistura das palavras atlético e lazer: "Ela é um coringa que funciona para fazer ginástica, funciona para fazer um look mais arrumadinho com tênis e moletom e funciona com camisa e bota, mais casual. Funciona até para dormir no inverno! Realmente ela é muito versátil".

3 ideias para usar a peça

Quem comprou a peça pensando só no conforto do home office, um aviso: há vida para essa legging no pós-pandemia. Pode se animar a usá-la com tudo depois que as ruas passarem a fazer parte do nosso cotidiano. Ela voltou a aparecer com força no street style depois de um comeback recente como item de luxo no desfile Cruise 2020 da Chanel.

Para montar o look, pense antes no que calçar. A escolha pode transformar o visual: botas pesadas, tipo coturno, e mules —preferidos entre fashionistas— ou um tênis chunky, para embalar um look confortável? Feita a escolha, é só decidir os complementos: camisa, casaco ou blazer.

Para se inspirar, vale dar uma olhada nos looks da Hailey Bieber. "Ela usa usa legging muito bem, assim como a bermuda biker, misturando o esportivo com saltos e botas", indica Nelize.

Moda