Topo

Violência contra a mulher


Mulher processa prisão após ser obrigada a dar à luz sozinha em cela

Mulher dá à luz sozinha em prisão - Reprodução/YouTube
Mulher dá à luz sozinha em prisão Imagem: Reprodução/YouTube

Rodolfo Vicentini

Do UOL, em São Paulo

30/08/2019 17h38

Uma mulher de 26 anos entrou com um processo nesta semana contra a administração de uma penitenciária em Denver (EUA) por não ter recebido ajuda em seu trabalho de parto.

Um vídeo de segurança traz a prisioneira Diana Sanchez sozinha, sendo obrigada a dar à luz sozinha em sua cela. As imagens mostram que ela informou aos guardas que estava em trabalho de parto, mas não recebeu ajuda.

Segundo a advogada de Diana, Mari Newman, os funcionários da prisão estavam acompanhando a agonia da condenada e não fizeram nada. O trabalho de parto durou seis horas. Apenas depois de ter um filho é que ela recebeu ajuda de um enfermeiro.

"Obviamente, ela estava com uma dor angustiante, gritando por ajuda e chegou o momento em que ficou claro que ninguém viria [para ajudá-la]", disse a defesa ao Inside Edition,

"Isso é algo que jamais deveria acontecer com qualquer pessoa. Nenhum ser humano deveria ser tratado desta maneira", completou.

O processo aponta que ela só foi para um hospital 30 minutos após dar à luz, enquanto isso a prisão declarou que eles seguiram o procedimento padrão e não fizeram nada de errado.

O caso aconteceu em julho de 2018, mas o vídeo só foi liberado nesta semana pela advogada de Diana.