PUBLICIDADE

Topo

Violência contra a mulher

Jojo Todynho alerta mulheres após empresária ser espancada no RJ: "unam-se"

Jojo Todynho - AgNews/Gabi de Morais
Jojo Todynho Imagem: AgNews/Gabi de Morais

da Universa, em São Paulo

20/02/2019 09h53

Jojo Todynho usou as redes sociais nesta terça-feira (19) para conversar com suas fãs a respeito dos casos recentes de agressão e feminicídio que foram divulgados pela imprensa.

A cantora, que considera a situação alarmante para as mulheres, ressaltou especialmente em vídeos publicados no seu Instagram o caso da empresária Elaine Caparróz, espancada por quatro horas pelo advogado Vinícius Batista Serra em seu próprio apartamento no sábado (16) no Rio de Janeiro.

Para ela, diante destes casos de violência, é preciso que as mulheres se unam. "É algo que tem que durar para sempre. Porque é uma precisando da outra. Nós não temos que nos digladiar por causa de homem. Imagina como estará no psicológico desta mulher? Não julgue, não fale. Seja uma mulher que levanta outras", pediu.

Ela ainda reforçou que é preciso entender que a culpa nunca é da vítima. "Sabe o que me deixa mais triste? É ver comentários de certas mulheres falando que ela foi culpada. A gente começa a ver que a empatia está apenas no rótulo do xampu. Sem paixão, sem piedade. Julgam umas às outras. Feminicídio não é brincadeira", alertou.

Jojo ainda revelou ter discutido com uma seguidora que questionou o comportamento de Elaine, que havia convidado o agressor para um encontro em sua casa.

"Eu acabei de arrasar uma pessoa que quis falar dela. Perguntei: 'Opa, quantas vezes você apanhou do seu marido? Quantos homens você botou dentro da sua casa tendo uma filha pequena?'. Ela não me respondeu. Porque no dos outros, é fácil. Então, não fale. Unam-se. Quero ver todo mundo colocar 'Mexeu com uma, mexeu com todas' e mostrar que isso vai acabar", concluiu.

Violência contra a mulher