Topo

Sexo


Sexo

Mais prazer: 5 zonas erógenas para homens e mulheres não ignorarem

Claudia Dias

Colaboração para Universa

02/01/2019 04h00

Já está claro que sexo bom é sexo com muitas preliminares, certo? E que alguns erros podem até surgir nas primeiras experiências, mas que a máxima de "a prática leva à perfeição" cabe certinho neste contexto, não é?

Porém, se você ainda se encontra no estágio de aprendizado, não custa nada receber algumas dicas para melhorar. O básico já deve saber: clitóris e glande têm inúmeras terminações nervosas e devem ser estimulados sempre - seja com as mãos, os lábios, a língua? Os seios também podem (e devem!) ser explorados!

Mas alguns outros pontos do corpo, que costumam passar incólumes ou ser ignorados por homens e mulheres durante o esquenta, estão só esperando uma chance para mostrar como podem dar um up na primeira fase do sexo. Revelamos agora cinco pontos extras que devem ser explorados ao máximo!

Períneo

Nas mulheres, o períneo é a região entre a vagina e o ânus; nos homens, fica entre o sacro escrotal e o ânus. Ali também é o ponto onde se concentra a energia vital tântrica, chamada de kundalini, que parte do períneo e sobe pela coluna espinhal até a cabeça. Por essa condição, é uma área extremamente sensível, que deve ser estimulada com massagens, beijos, lambidinhas? "É interessante começar a explorar todo o corpo a partir do períneo", recomenda Virgínia Gaia, sexóloga holística.

Atrás da orelha

Que a orelha é um ponto sensível, também não é novidade. Mas um pouco atrás dela, em direção à nuca, tem outra área escondidinha, que pode ser bastante sensível - e geralmente é ignorada. Experimente usar e abusar desse trecho: é surpresa na certa! Detalhe: além de estímulos com lábios e língua, a respiração (ofegante, de preferência) e os sussurros (de palavras picantes, por favor) podem ser armas de sedução extra. 

Entre os mamilos

Acariciar o peito está na lista básica de preliminares, mas bem ali pertinho, mais precisamente entre os mamilos, existe um ponto geralmente explorado em massagens de shiatsu conhecido como "ponto de ansiedade". "Ele pode ser estimulado de forma erótica, junto com a estimulação dos seios, dos mamilos", diz Virgínia. Coincidentemente, é onde se localiza o chakra (ponto de energia) cardíaco, responsável pelas emoções, que concentra a energia do amor, do afeto, da compaixão. Ou seja, além de prazer, explorar tal zona corporal vai melhorar a capacidade da troca de sentimentos entre o casal.

Pele

Sim, o maior órgão do corpo humano precisa ser explorado além do basico, já que as terminações nervosas estão exploradas por toda sua extensão. "Na relação sexual, frequentemente focamos nos genitais e mamas, mas explorando a pele, com diferentes toques e estímulos, podemos aumentar muito o grau de prazer", afirma Nelly Kim Kobayashi, sexóloga e parceira da Innuendo. De acordo com a especialista, pontos importantes que não devem ser ignorados é a lateral do corpo, a parte interna das coxas e o abdômen. Carícias, beijos, mordiscadinhas e outros carinhos são muito bem-vindos.

Ânus

Poderia ser mentira, mas ainda há muito medo e preconceito, tanto de homens como mulheres, no estímulo da região anal, que pode trazer extremo prazer. Vale apostar no beijo grego? Muito! Mas também vale massagear com carinho essa área do corpo - tanto do par masculino como do feminino, pois é uma zona erógena com alto potencial de prazer.