PUBLICIDADE

Topo

Se Conselho Fosse Bom

"Meu namorado só volta de madrugada todos os dias. O que está acontecendo?"

iStock
Imagem: iStock
Karin Hueck

Karin Hueck é jornalista e escritora. Foi editora da revista "Superinteressante", colaborou para alguns dos maiores veículos do Brasil e tem 5 livros publicados. "Se conselho fosse bom" é uma coluna de conselhos sentimentais, existenciais e práticos. Está com problemas no trabalho? Sua família te enlouquece? Não sabe se casa ou compra uma bicicleta? Mande as suas dúvidas para o se.conselho.fosse.bom@bol.com.br As respostas são 100% anônimas

Colunista do UOL

01/01/2021 04h00

Meu companheiro me troca pelos amigos e só chega em casa de madrugada, inclusive aos finais de semana! Ele diz que me ama e que, se não tivesse sentimentos por mim, já teria uma outra pessoa. Porém, ele sai todos os dias pela manhã e só chega meia-noite, 1h, 2h da madrugada. Ele diz que está trabalhando e precisa fechar alguns negócios. O que faço?
- Meu namorado vampiro

- Cara meu namorado vampiro
Olha, eu não sei o que o seu companheiro fica fazendo todas as madrugadas, mas posso garantir que coisa boa não é. Vamos imaginar por um segundo que ele passe todas essas madrugadas realmente trabalhando e que não há, nem nunca houve, nenhuma outra mulher no meio desse mistério. Ainda assim, você mal o encontra. Do jeito que ele fala, me parece que você é um adendo agradável na vida muito agitada que ele bolou para si - mas é isso o que você quer? Na prática, você já está praticamente solteira, já que o seu companheiro nunca está lá. A minha sugestão é que você gaste todo esse tempo que você passa sozinha para pensar no que você quer de uma relação.

Sou casado, tenho dois filhos mas não amo mais minha esposa. Não quero me separar por causa dos meus filhos, tenho medo que eles fiquem contra mim e não conversem nunca mais comigo ou que eu me afaste deles. Eu amo outra pessoa há mais de 5 anos e gostaria de ser livre. O que eu posso fazer?
- Preso e livre

- Caro preso e livre
Quantos anos têm os seus filhos? Você tem uma boa relação com eles? A relação que você vai ter com eles caso se separe, vai ser exatamente aquela que você construiu e construirá. Se eles já tiverem uma idade adequada, explique (em termos gerais) o que está acontecendo, e que eles continuam sendo a prioridade da sua vida. Esteja presente durante o processo de separação. Façam programas juntos. Acompanhe de verdade a vida deles - não seja um pai que apenas paga pensão e vê os filhos uma vez a cada 15 dias. Insista na guarda compartilhada. Você ama uma pessoa que não é a sua esposa há mais de cinco anos - cinco anos! Não tem sinal mais claro do que esse de que o seu casamento já acabou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.