PUBLICIDADE
Topo

iPhone 13 deve permitir desfoque de fundo em vídeos; confira outras apostas

Imagem do iPhone 12, lançado no final de 2020 - Onur Binay/ Unsplash
Imagem do iPhone 12, lançado no final de 2020 Imagem: Onur Binay/ Unsplash

Letícia Naísa*

De Tilt, em São Paulo

10/08/2021 15h29

A nova família do iPhone deve ser lançada no próximo mês e os rumores não param de pipocar pela rede. O último é de que os aparelhos devem ser lançados com pelo menos três novos recursos de câmera e gravação de vídeo. As apostas giram em torno da possibilidade de produzir imagens de vídeo com o modo retrato, função capaz de desfocar o fundo da cena.

A configuração deve permitir o ajuste desse desfoque após captura, de acordo com informações da "Bloomberg". A linha iPhone 13 Pro (nome ainda não confirmado) pode vir ainda com ferramentas para filmar em um formato de alta qualidade chamado ProRes, possibilitando aos editores de conteúdo mais recursos de pós-produção de vídeo.

Outra novidade aguardada é uma atualização de sistema com a oferta de novos modelos de filtros que melhoram a aparência e cores nas fotos tiradas com o celular. A ferramenta vai usar inteligência artificial para aplicar mudanças nos objetos e pessoas das imagens para que elas possam parecer mais naturais. Será que selfie no iPhone 13 vai ficar ainda melhor?

Além das novidades envolvendo fotografia e captura de vídeo, os rumores até agora especulam que o novo iPhone 13 também terá uma tela que nunca apaga, similar à que já existe no Apple Watch a partir da Series 5.

A novidade pode significar que o aparelho consumirá menos bateria, uma das principais reclamações dos usuários de iPhone. Esse tipo de recurso permite consultar a hora e as notificações sem precisar acender todo o painel do celular, e é possível graças à adoção da tecnologia Oled LTPO nos últimos lançamentos da marca.

O que mais esperar

Desde o iPhone X, lançado em 2017, a Apple tem usado um entalhe (recorte na tela também conhecido como notch) para abrigar sensores e câmera selfie. Novos rumores apontam que uma mudança está perto de acontecer: o iPhone 13 deve ser lançado com entalhe menor. Além disso, os celulares da linha devem manter os mesmos tamanhos da família iPhone 12.

Apesar de ter um notch menor, a Apple tem testado usar um sensor biométrico sob a tela. No entanto, a tecnologia, já presente em celulares de concorrentes, deve ficar para uma próxima geração do iPhone.

A Bloomberg aponta que os modelos Pro terão uma tela com taxa de atualização de 120 Hz — isso na prática vai tornar melhor a experiência de quem curte jogar, pois os gráficos serão mais vívidos.

O processador deve ser uma evolução do A14, usado no iPhone 12, mantendo os seis núcleos. Esse tipo de atualização é algo que a Apple faz todos os anos. O nome dele deve ser A15.

Mais bateria?

Há anos, uma das maiores reclamações dos fãs dos smartphones da Apple é a baixa capacidade de carga. A versão iPhone 13 Pro Max pode receber a maior mudança em relação à bateria.

De acordo com o rumor, o modelo será equipado com uma bateria de 4.352 mAh (a atual do iPhone 12 Pro Max tem 3.687 mAh), em um considerável upgrade de 665 mAh (18%). Já o iPhone 13 e o iPhone 13 Pro podem contar com 3.095 mAh (cerca de 10% mais que os 2.815 mAh da atual linha); e o pequeno iPhone 13 mini deve receber 2.406 mAh (8%; a versão 12 mini atual trabalha com 2.227 mAh).

Quando o evento da Apple deve acontecer?

Tradicionalmente, a Apple costuma lançar os seus novos iPhones dentro da primeira quinzena de setembro. No ano passado, porém, a empresa usou o mês de outubro para apresentar suas novidades para o mercado de celulares. Tudo por conta da pandemia de covid-19.

As expectativas são de que a Apple volte a usar setembro para realizar o seu maior evento do ano.

*Com textos de Guilherme Tagiaroli e Marcella Duarte