PUBLICIDADE
Topo

Carregar o celular no modo avião é mais rápido? E na tomada 220V?

Pixabay
Imagem: Pixabay

Bruna Souza Cruz

De Tilt, em São Paulo

14/06/2021 04h00

Tem coisa pior do que ter ficar de vigília, em uma tomada pública, esperando que o celular carregue para que você possa seguir com a sua vida normalmente? Saiba que tem como fazer com que o seu celular carregue mais rápido, diminuindo esse tempo de espera — lembrando que pode ser perigoso conectar o USB em lugares públicos.

Tem gente que diz que deixá-lo no modo avião no momento da recarga ou usar tomadas 220V, ao invés das de 110V, ajuda a melhorar a velocidade do carregamento. Mas será que essas estratégias são de fato eficazes?

Bom, carregar o celular com o modo avião ativado não vai fazer nenhum milagre, mas ajuda a ir um pouco mais rápido, segundo especialistas ouvidos por Tilt. Isso porque o aparelho faz menos esforço para funcionar, já que o acesso às redes móveis, Wi-Fi, Bluetooth e outras funções que consomem bateria estão desativadas.

"No modo avião, o celular não acessa a rede, não recebe e nem faz chamadas. A bateria continua sendo consumida, mas com os recursos desativados a economia de bateria é maior", explicou Antonio Carlos Gianoto, professor de engenharia do Centro Universitário FEI.

O engenheiro eletrônico Almir Meira Alves, professor da FIAP (Faculdade de Informática e Administração Paulista), ressalta que o grande vilão da bateria está relacionado ao sinal da internet, tanto no Wi-Fi quanto no 4G.

"Quando o celular perde o sinal de internet, por exemplo, ele começa a procurá-lo de qualquer jeito e, para conseguir buscar, ele abre a energia. Nesse momento o uso de bateria aumenta bastante", afirmou Alves.

Carregar o celular no 220V ajuda?

Para os professores, a prática de carregar o celular em tomadas 220V achando que será mais rápido é mito. Ainda mais porque os carregadores de hoje são bivolt, ou seja, se adaptam automaticamente a qualquer uma das voltagens.

Segundo Alves, o tempo de carga é o mesmo nas duas voltagens e o próprio sistema do celular se organiza caso seja usado uma ou outra.

"Tanto uma quanto outra vai fornecer a corrente necessária. Não tem evidência nenhuma de que 220V é mais rápido", ressaltou Gianoto.

Os professores destacam ainda que o que define se o carregamento será mais rápido ou não é a potência do carregador.