PUBLICIDADE

Topo

Ucrânia pede para Xbox e PlayStation bloquearem suporte russo

Amanda Fleure, do Start

Em São Paulo

02/03/2022 11h59

Mykhailo Fedorov, vice-primeiro-ministro da Ucrânia, pediu a todos os "estúdios de videogames e plataformas de esports" para suspender temporariamente o suporte à Rússia e Bielorrússia, como informa numa carta abeta à Xbox e PlayStation em particular.

Através do Twitter, Fedorov marcou as contas das duas empresas. Na publicação, diz "vocês estão definitivamente estão cientes do que se passa na Ucrânia neste momento. A Rússia declarou guerra não só à Ucrânia, como a todo o mundo civilizado. Se apoiam valores humanistas, devem abandonar o mercado Russo."

Mykhailo Fedorov, vice-primeiro-ministro da Ucrânia - Controle DualSense, do PlayStation - Controle DualSense, do PlayStation
Imagem: Controle DualSense, do PlayStation

A carta aberta pede a todas as companhias para "bloquear temporariamente todas as contas russas e bielorrussas, além de suspender temporariamente a participação de todas as equipes e jogadores e cancelar todos os eventos internacionais marcados para os territórios destes dois países."

Vale lembrar que, desde o começo da invasão russa na Ucrânia, produtoras e desenvolvedores demonstraram solidariedade ao país. O diretor criativo de World of Tanks, Sergey Burkatovskiy, foi demitido pelo estúdio Wargaming após apoiar a invasão. A empresa do jogo ainda doou um milhão de dólares à Cruz Vermelha Ucraniana.

Confira abaixo na íntegra a Carta aberta da Ucrânia à indústria dos jogos:

"Para todas as empresas de desenvolvimento de jogos e plataformas de esports,

Mykhailo Fedorov, vice-primeiro-ministro da Ucrânia - Dikvulgação/Metrópoles - Dikvulgação/Metrópoles
Mykhailo Fedorov, vice-primeiro-ministro da Ucrânia
Imagem: Dikvulgação/Metrópoles

A Federação Russa realizou um ataque militar enganoso e ultrajante ao meu país! Imaginem, em 2022, mísseis de cruzeiro atacando bairros residenciais, jardins de infância e hospitais no coração da Europa.

As forças armadas e os cidadãos vão defender a Ucrânia até o fim! O mundo inteiro está repelindo o agressor através da imposição de sanções - o inimigo deve sofrer perdas significativas. Mas precisamos do vosso apoio - em 2022, a tecnologia moderna talvez seja a melhor resposta para os tanques, lançadores de foguetes múltiplos e mísseis.

Estou certo de que não apenas nos ouvirão, mas também farão de tudo para proteger a Ucrânia, a Europa e, finalmente, todo o mundo democrático de uma sangrenta agressão autoritária - e deixo o apelo ao bloqueio temporário de todas as contas russas e bielorrussas, a interrupção temporária da participação de equipes e jogadores russos e bielorrussos em todos os eventos internacionais de esports e o cancelamento de todos os eventos internacionais realizados no território da Rússia e da Bielorrússia.

Temos a certeza de que tais ações motivarão os cidadãos da Rússia a interromper proativamente esta vergonhosa agressão militar.

Com os melhores cumprimentos,

Vice-Primeiro-Ministro da Ucrânia,

Ministro Mykhailo Fedorov"

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: https://www.tiktok.com/@start_uol?
Twitch: https://www.twitch.tv/startuol