PUBLICIDADE

Topo

Curiosidades


Fica a dica, Netflix! As franquias dos games que merecem virar séries

A franquia The Division, da Ubisoft, retrata Nova York e Washington assoladas por vírus e batalhas entre gangues - Divulgação
A franquia The Division, da Ubisoft, retrata Nova York e Washington assoladas por vírus e batalhas entre gangues
Imagem: Divulgação

Tiago Alcantara

Colaboração para o START

15/02/2020 04h00

Depois de fazer seus assinantes cantarem por mais de um mês "toss a coin to your witcher" e ajudar a bombar as vendas do games, a Netflix anunciou recentemente que se prepara para produzir uma série baseada na franquia Resident Evil. A produção deve estrear na plataforma de streaming em 2021.

Além de uma série que promete se aprofundar na franquia de terror da Capcom, a Netflix também prepara a produção da segunda temporada de The Witcher. Enquanto isso, o START levantou outras franquias famosas que merecem uma chance nas telinhas.

Silent Hill

Se a produção baseada em Resident Evil já é uma certeza, por que não considerar que a franquia de horror da Konami possa ganhar vida nova? Silent Hill anda adormecida desde o lançamento do teaser P.T., produzido por Hideo Kojima. A série até ganhou alguns filmes, mas não brilhou tanto quanto poderia em uma adaptação seriada. Quem aí gostaria de ver uma série combinando os estilos narrativos de American Horror Story e algo mais sério, do tipo True Detective ou uma narrativa ao estilo Objetos Cortantes? A primeira temporada, claro, teria como protagonista Harry Mason procurando sua filha Cheryl.

The Legend of Zelda

The Legend of Zelda: Link's Awakening chegou em 2019 para o Nintendo Switch -
The Legend of Zelda: Link's Awakening chegou em 2019 para o Nintendo Switch

Há até alguns rumores de que a Netflix já estaria em fase de pré-produção de uma adaptação da franquia de aventura e fantasia da Nintendo. Por enquanto, é difícil saber se o público ficaria feliz com uma adaptação live-action da saga de Hyrule. Por outro lado, um sonho para muitos dos fãs seria que esse trabalho fosse produzido no formato de animação e ficasse a cargo do pessoal do Studio Ghibli.

Responsável por animações como A viagem de Chihiro, Meu vizinho Totoro e O conto da Princesa Kaguya, o lendário estúdio japonês daria nova vida para a jornada de Link e Zelda, com toda certeza. O designer gráfico Matt Vince chegou até a idealizar como seriam os pôsteres da animação e fez um curta:

Agora, imagine se uma companhia como a Netflix conseguir unir as mentes geniais de Hayao Miyazaki e Shigeru Miyamoto para animar uma das histórias mais amadas do mundo dos games. Não tem como dar errado.

Persona

Um seriado que acompanha um grupo de estudantes japoneses enquanto eles elucidam mistérios com ajuda de seus poderes espirituais. Sim, essa mistura de dorama (como os japoneses chamam suas novelas), Riverdale e Malhação já faz sucesso entre os fãs de RPGs orientais. Levando em conta uma produção caprichada nos efeitos especiais, a franquia Persona tem tudo para mandar muito bem nas mãos de companhias como a HBO ou Amazon.

Nossa aposta é que os títulos mais recentes, como Persona 4 Golden ou Persona 5, seriam ótimos para esse tipo de adaptação. Uma série com a trilha sonora da entrada mais recente da franquia teria tudo para dar certo.

Halo

Halo Infinite deve ser lançado no final de 2020, acompanhando o Xbox Series X -
Halo Infinite deve ser lançado no final de 2020, acompanhando o Xbox Series X

Apesar de já ter parte de sua história adaptada para TV ou para alguns curta-metragens, a história do Master Chief poderia dar um bom tema para uma série de ação e ficção científica, não é mesmo? O personagem é um dos mais famosos do mundo dos games e poderia atingir um novo público com suas aventuras.

Claro, se a Microsoft entregar gráficos parecidos com os que foram apresentados no anúncio de Halo Infinite - que deve chegar no fim do ano - talvez os fãs nem precisem de uma série da franquia.

Warcraft

O game de fantasia da Blizzard já até teve uma chance no cinemas em 2016, mas não agradou fãs ou críticos. Será que o planeta de Azeroth não merece uma chance de ganhar uma adaptação um pouco mais cuidadosa? A gente aposta que os fãs do game de estratégia em tempo real e de fantasia dariam atenção para um enredo envolvendo humanos, orcs e elfos.

Luigi's Mansion

Calma. Pode parecer uma piada, e isso não é uma má ideia. Imagine que os produtores de Supernatural se unem ao time responsável por Scooby Doo e trazer para tela um seriado animado no qual o irmão do Mario foge de fantasmas e acaba desvendando um ou outro mistério, como no recente Luigi's Mansion 3. Além disso, pode ter algumas participações especiais do próprio Mario e outros personagens famosos da franquia da Nintendo. Tem tudo para gerar boas risadas e um ou outro susto no meio do caminho.

The Division

O game da Ubisoft The Division passa por cenários como Washington e Nova York -
O game da Ubisoft The Division passa por cenários como Washington e Nova York

Se a Netflix já tem os direitos para fazer um filme de The Division, por que não pensar em uma série também?

Uma das franquias baseadas em histórias de Tom Clancy, The Division conta o que acontece em um futuro no qual a cidade de Nova York foi devastada por um vírus. Um dos agentes especiais da divisão de segurança nacional precisa investigar o que aconteceu e combater as gangues que surgem em meio ao caos. A série poderia ter um tom parecido com o de Falling Skies e umas pitadas de 24 Horas para manter os assinantes de plataformas de streaming ligados.

Bloodstained

E se pensarmos que os produtores de True Blood ou The Vampire Diaries resolvessem criar uma adaptação para Bloodstained, game produzido por Koji Igarashi. A ideia seria expandir a história da origem de Miriam e também revelar um pouco mais do universo da nova franquia inspirada em Castlevania.

SIGA O START NAS REDES SOCIAIS

Twitter: https://twitter.com/start_uol
Instagram: https://www.instagram.com/start_uol/
Facebook: https://www.facebook.com/startuol/
TikTok: http://vm.tiktok.com/Rqwe2g/
Twitch: https://www.twitch.tv/start_uol

Curiosidades