PUBLICIDADE
Topo

Ricardo Feltrin

Ao vivo, Alexandre Garcia ameaça deixar a CNN Brasil

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

06/05/2021 10h53

Como diz o velho ditado: "o caldo entornou" na manhã desta quinta-feira no telejornal "Novo Dia", na CNN Brasil.

Comandado pelo âncora Rafael Colombo, tudo corria bem no jornal até o quadro "Liberdade de Opinião", que tem participação de Alexandre Garcia.

No quadro, Garcia, 80 anos, defendia o governo Bolsonaro (para variar) e afirmou que o presidente tem "todo o direito" de lançar um decreto proibindo governadores e prefeitos de decretarem restrições para o controle de coronavírus—o que Bolsonaro ameaçou fazer ontem

Para Garcia, a edição de decretos por presidentes "está na Constituição" e, se ele o fizer, o decreto deve ser cumprido.

Ao que Colombo respondeu de imediato: E a proteção à vida (que é o objetivo dos governadores)? Também não está na Constituição?

Garcia ficou mudo. Parecia indignado. Ficou calado por tempo suficiente para que Colombo acreditasse que havia algum problema técnico na transmissão.

Após o silêncio, Garcia respondeu de forma até certo ponto rude: "Eu não estou sendo entrevistado" —em referência à pergunta do âncora.

Sem se abalar, Colombo seguiu normalmente e disse que (os dois) continuariam falando sobre o assunto no dia seguinte (não havia mais tempo).

De semblante fechado, Garcia respondeu que "não sabia" se voltaria no dia seguinte (amanhã, sexta, dia 07).

Outro lado

No início da tarde desta quinta-feira (06), a CNN disse, por meio de sua assessoria, que Alexandre Garcia "seguirá no quadro" do telejornal.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook, Instagram e site Ooops