PUBLICIDADE
Topo

Atriz deixa 'Pânico' por baixo salário: 'O que ofereceram não equivale'

A atriz canadense Neve Campbell no tapete vermelho do Emmy 2017 - Frazer Harrison/Getty Images
A atriz canadense Neve Campbell no tapete vermelho do Emmy 2017 Imagem: Frazer Harrison/Getty Images

De Splash, em São Paulo

06/06/2022 16h57

Neve Campbell confirmou hoje à revista Variety que não vai reprisar o papel de Sidney Prescott no filme "Pânico 6". O motivo: ela não considera justo o cachê oferecido pela produção.

"Infelizmente, não estarei no próximo 'Pânico'. Como mulher, precisei me esforçar muito na minha carreira para estabelecer o meu valor, especialmente quando se trata de 'Pânico'. Sinto que o que me ofereceram não equivale ao que eu trouxe à franquia", disse a atriz em nota.

"Sair foi uma decisão muito difícil. A todos os meus fãs de 'Pânico': eu amo vocês. Vocês sempre me deram um apoio incrível. Serei sempre grata a vocês e ao que essa franquia me deu nos últimos 25 anos", completa.

Procuradas pela revista, as produtoras Paramount Pictures e Spyglass Media não se pronunciaram. Neve Campbell não especificou o valor do cachê oferecido, mas não é a primeira vez que a atriz se mostra insatisfeita com o pagamento.

Em conversa com Jamie Lee Curtis para a revista Variety em 2020, ela relembrou que as produtoras prometiam pagamentos proporcionais à bilheteria do filme — o que em Hollywood é chamado de "back end" —, mas a promessa nunca era cumprida:

"Sempre prometem o back end. E depois, é claro, isso se perde em publicidade e outros custos. Eles dizem: 'na verdade, não ganhamos tanto dinheiro quanto estamos dizendo que ganhamos na imprensa, então não precisamos te dar esse valor'."

Jamie Lee Curtis diz que sua experiência com "Halloween" foi parecida: "Obviamente alguém ganhou muito dinheiro, mas não fui eu".