PUBLICIDADE
Topo

Saída da novela, briga com Globo e choro: a semana tensa de Camila Queiroz

De Splash, em São Paulo

20/11/2021 04h00

Camila Queiroz teve uma semana conturbada por conta da sua saída em "Verdades Secretas 2" sem participar das gravações dos capítulos finais. O desligamento foi comunicado oficialmente pela TV Globo na última quarta-feira (17).

A colunista de Splash Marcelle Carvalho apurou que as atitudes de Camila antes do anúncio irritaram o elenco. A atriz faltou às cenas finais da série e pediu um "afastamento" no dia em que o contrato com a emissora terminou.

Segundo a coluna, o final escolhido para Angel não agradou à atriz. A decisão pela morte da modelo na trama teria causado o descontentamento de Camila Queiroz com o autor Walcyr Carrasco.

As cenas finais de "Verdades Secretas" serão finalizadas sem a presença da protagonista.

As manifestações de Camila Queiroz

Camila Queiroz se manifestou quatro vezes após a TV Globo anunciar o desligamento. Na primeira publicação nas redes sociais, a atriz destacou que "tentou ter razão, mas a saúde mental venceu", sem dar detalhes sobre a saída da emissora.

Em comunicado oficial, ela afirmou que estava nos planos da Globo que ela fizesse parte da terceira temporada de "Verdades Secretas". Porém, após a atriz decidir não continuar na emissora, a produção alterou o rumo da história.

O contrato entre as partes terminou em novembro e não foi renovado. Camila também destacou que os últimos capítulos da trama "não seguiram o que foi combinado anteriormente", sem confirmar que Angel morreria.

"A atriz entende que esses últimos acontecimentos deixam claro que a empresa tentou puni-la exclusivamente pelo fato de ter tomado a decisão unilateral de readequar o formato de seu contrato com TV Globo no passado, decisão essa que não partiu da empresa, como foi divulgado à época", diz o posicionamento oficial.

Ela também divulgou uma carta para se despedir de Angel. Ela interpreta a jovem modelo desde 2015, quando "Verdades Secretas" foi ao ar na TV Globo. Ela voltou a criticar a produção dizendo que a personagem "não teve o final que merecia", porque não deixaram.

Por fim, a artista publicou um vídeo em que apareceu chorando na quinta-feira (18), em que comentou sobre a saída conturbada e aproveitou para agradecer pelas mensagens de carinho dos fãs.

"Nunca vivi algo parecido, tamanha exposição. Nas vezes em que tentaram colocar meu nome em polêmicas e fofocas, sempre tentei ficar na minha. Mas dessa vez me jogaram aqui, não tem o que fazer", disse no conteúdo compartilhado nos Stories do Instagram.

A atriz também negou que tenha inventado um atestado para não ir ao set de filmagens em uma sequência de publicações no Twitter.

Posicionamento da Globo

A TV Globo não voltou a se manifestar sobre a saída de Camila Queiroz após divulgar o comunicado oficial.

A emissora explicou que precisou estender o período de gravações, o que gerou um impasse de agenda. Os "rigorosos protocolos sanitários" contra a covid-19 foram apontados como motivo.

Segundo a versão da Globo, "Camila quis determinar o desfecho da personagem Angel" e "exigiu um compromisso formal de que faria parte de uma eventual terceira temporada da obra, além de outras demandas contratuais inaceitáveis".

Apoio de Klebber Toledo

Marido de Camila Queiroz, Klebber Toledo também se manifestou quando a atriz divulgou uma nota oficial explicando o desligamento.

"Parabéns pela sua coragem em mostrar que nós artistas não somos objetos. Te amo", comentou ele na publicação. Os dois apresentam juntos o reality "Casamento às Cegas" na Netflix.

Irritação do elenco de "Verdades Secretas"

A colunista de Splash Marcelle Carvalho apurou que parte do elenco questionou as ausências de Camila Queiroz nas gravações, apontando que "deslocamentos foram realizados sem necessidade".

A irritação também foi causada por Camila não avisar sobre as ausências no set com antecedência. Os agendamentos para gravações se tornaram ainda mais complicados por conta das diretrizes definidas por conta da covid-19.

O que pode acontecer?

Bastante incomodada com o comunicado divulgado pela TV Globo, Camila Queiroz está seriamente inclinada a processar o canal por difamação e assédio moral. A informação também foi apurada pela colunista de Splash Marcelle Carvalho.

A artista passou a gravar e fazer prints das conversas com a diretoria da emissora desde o mal-estar gerado por ela ter assinado contrato com a Netflix ainda sendo funcionária da TV Globo.

O arquivo, segundo as informações dadas à coluna, é estudado por advogados para a abertura de um processo.

Fãs consideraram que uma postagem de Camila após a saída da novela foi uma "indireta" sobre as informações guardadas sobre a relação com a emissora.