PUBLICIDADE
Topo

Homem de 59 anos mata os pais após interrupção de maratona de anime

Junji Matsumoto confessou ter matado os pais e escondido os corpos numa geladeira  - Reprodução
Junji Matsumoto confessou ter matado os pais e escondido os corpos numa geladeira Imagem: Reprodução

De Splash, em São Paulo

28/07/2021 16h31

Junji Matsumoto, de 59 anos, confessou ter assassinado seu pai e sua mãe na noite de 21 de junho na cidade de Fukuoka, no Japão.

O motivo: Hirokazu, de 88 anos, e Makie, de 87, interrompiam as maratonas de anime do filho pedindo cuidados. "Me incomodava cuidar dos meus pais, eles sempre interrompiam enquanto eu estava assistindo anime. Eu não aguentei e matei os dois", disse na confissão à polícia.

De acordo com o jornal Tokyo Reporter, a autópsia não determinou a causa da morte dos dois. O filho escondeu os corpos na geladeira da família, que foi fechada com fita adesiva.

Na noite de 23 de junho, ele saiu de casa em sua bicicleta e começou uma viagem pelo país para despistar as autoridades. Enquanto isso, os vizinhos chamaram a polícia após notarem a ausência de Hirokazu e Makie, e seus corpos foram encontrados. Junji Matsumoto foi capturado no dia 5 de julho em Quioto, a mais de 600 quilômetros de Fukuoka.

À polícia, ele disse que estrangulou o pai com um fio de tomada após Hirokazu pedir ajuda para ir ao banheiro.