PUBLICIDADE
Topo

Este skatista brisou o mundo ao som de Fleetwood Mac, e ele é o cara

Skatista briseiro
Skatista briseiro
Reprodução

Leonardo Rodrigues

De Splash, em São Paulo

05/10/2020 12h39

Seu dia está uma m**** e sua vida anda difícil. E de repente a única alternativa que resta é pegar o skate e brisar por aí. Com um suquinho na mão e um hino do soft rock. Eis a fórmula do vídeo que virou meme e rodou o mundo na última semana. Só no Instagram foram mais de 5 milhões de visualizações.

Continua depois da publicidade

Duas perguntinhas básicas: primeiro, por que diabos esse vídeo viralizou?

Só o Deus da internet sabe. Mas good vibe da melodia de "Dreams", do Fleetwood Mac —só não leia a letra de desilusão amorosa— e o sentimento de liberdade seja tudo de que precisamos neste complicado 2020.

Segundo, que é esse skatista fã de Fleetwood Mac?

Nathan Apodaca tem 37 anos, e é descendente de indígenas e mexicanos. Mora na cidade natal, a pequena Idaho Falls (em Idaho), onde trabalha em uma fábrica de batatas. Nathan ama skate, rap, rock dos anos 1970 e não passa um dia longe das redes.

Regra da nova era: influencer que é influencer tem que fazer dancinha

Como nasceu o vídeo

Um belo dia, a bateria do trailer do Nathan arriou pela manhã —o que já vinha acontecendo, aliás. Sem ninguém por perto para pedir ajuda, o único jeito de conseguir chegar ao trabalho a tempo era pegar o skate. E foi isso que ele fez.

Continua depois da publicidade

Depois de escolher uma música que gostava para dublar, quase no aleatório, ele editou e publicou na hora com as tags.

O curioso: Nate não gostou do resultado do vídeo e quase não postou.

Foi uma viagem. Eu já tive um vídeo viral antes, em que usei música do Bone Thugs-n-Harmony, mas foi nada como esse. Foi muito legal ter viralizado. Mas não pensei que fosse ficar tão grande. Por isso, nem prestei atenção à repercussão no início."
Nathan Apodaca a Splash

O que muita gente não sabe

Nathan sempre trabalhou em empregos que não pagam muito. E ele já chegou a morar em uma barraca na rua. O trailer, usado, foi comprado com a grana que recebeu em um acampamento de verão. Ele disse que o veículo está sem água corrente e que usa o banheiro da casa do irmão.

Continua depois da publicidade

Mas nem tudo é desgraça. Com o sucesso do vídeo, Nathan recebeu doações de empresas e de pessoas de vários lugares do mundo, que já passam de US$ 10 mil. Dar um upgrade no trailer ou comprar outro? Nada disso. Ele prefere ajudar a família e os amigos primeiro.

Eu tenho emprego há 20 anos. Então não digo que estou sofrendo financeiramente. Até agora, dei R$ 5.000 para minha mãe. E comprei para minha irmã mais nova um iPhone 11 e, para meu pai um caminhão de US$ 7.000. Estou muito emocionado e feliz com tudo isso.

Olha o Nathan num intervalo do trabalho

E o grande 'dream' dele?

Continua depois da publicidade

Meu plano é só tentar conseguir dinheiro suficiente para comprar uma casa e, se Deus permitir, dar as chaves dela para a minha mãe. Quero só espalhar a benção que estou recebendo para pessoas ao meu redor.
Nathan, exemplo de altruísmo

Fleetwood Mac de volta às paradas

Nathan não esperava ter virado celebridade instantânea. E nem a bola de neve que se formou. Por causa do vídeo, "Dreams", hit de 1977 do Fleetwood Mac, fez a banda entrar nas paradas de novo. E muita gente na internet passou a imitar a brisa skatista dele.

Incluindo, simplesmente, Mick Fleetwood, baterista e fundador do Fleetwood Mac

De acordo com a Billboard, entre 25 e 27 de setembro, "Dreams" foi ouvida 2.9 milhões de vezes nos serviços de streaming dos Estados Unidos e vendeu 3 mil cópias digitais —um aumento de 88.7% e 374% em relação aos dias anteriores ao viral, respectivamente.

Continua depois da publicidade

Fiz o vídeo porque adoro músicas antigas e adoro qualquer coisa que possa vibrar com as pessoas. O Fleetwood Mac faz uma música bonita, que eu cresci ouvindo com minha mãe e minhas tias. Eles merecem tudo que eles conquistaram.
Nathan, fofo

Resumindo: este é o novo 'sk8er boi' que o mundo respeita