PUBLICIDADE
Topo

Marcelle Carvalho

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

'Famosas em Apuros': reality tem poucas enrascadas e brigas parecem armadas

Luiza Ambiel, Adriana Bombom e Li Martins: as participantes de "Famosas em Apuros" - Edu Moraes/Divulgação/RecordTV
Luiza Ambiel, Adriana Bombom e Li Martins: as participantes de 'Famosas em Apuros' Imagem: Edu Moraes/Divulgação/RecordTV
Conteúdo exclusivo para assinantes
Marcelle Carvalho

Marcelle Carvalho é jornalista que cobre, há duas décadas, o universo da televisão. Suas maiores paixões são novelas e séries, que serão abordadas aqui a partir da visão de quem vê e de quem faz.

Colunista do UOL

13/09/2021 17h10

Durante todo esse ano, fomos bombardeados com reality shows. Nada contra, afinal, dar uma espiadinha neste tipo de atração, seja ela de que formato for, é bem divertido. Antes mesmo que a "A Fazenda 13" dê o ar de sua graça - estreia nesta terça-feira (14), aliás - Rodrigo Faro lançou o seu "Famosas em Apuros", exibido dentro do "Hora do Faro". Dei aquela olhadela, claro, e não vi tanto apuro assim, não.

Luiza Ambiel, Adriana Bombom e Li Martins, as três participantes, não tiveram que caçar para comer. Não dormiram ao relento, inclusive, estão bem na moda ao terem um motor home para chamarem de casa. No máximo vai rolar uma barraca - spoiler do próximo episódio - que está longe de deixar alguém dormindo com o sereno na cabeça. Se na primeira noite tiveram que improvisar o jantar com macarrão instantâneo, salsicha, patê e pão de forma, no dia seguinte, o almoço estava servido: uma farta quentinha. Comidão bom para quem gastou energia catando caranguejo.

Aliás, pegar os crustáceos e ostras foi a primeira prova, que rendeu momentos divertidos, diga-se de passagem. As trapalhadas pareceram reais, culminando na declaração mais divertida da estreia. Luiza, com o braço enterrado na lama, gritou: "É mais fácil catar sabonete!". Ela fala com propriedade, já que por quatro anos (1994-1998), foi musa da "Banheira do Gugu", quadro do "Domingo Legal", em que se atracava com algum artista, dentro d'água, dificultando a vida do cidadão em pegar o maior número de sabonetes. Ah, os anos 90...

Porém, fiquei incomodada com os atritos entre as três, porque me soaram um pouco armados. A começar pelo chilique de Bombom, ainda no estúdio, ao descobrir que das muitas malas que levou - parecia que ia mudar de país tamanho o exagero - só poderia ficar com 10 kg de bagagem. Ela chorou desesperadamente, jogou as roupas no chão, pediu para ter mais um quilinho... Se a atitude não foi para jogar pra galera, que tem o poder soberano de decidir qual das três fica com o prêmio de R$ 30 mil, o descontrole beirou o infantil.

Depois veio uma animosidade meio forçada entre Luiza e Li. Alfinetadas bobas, reações um tanto exageradas, que vão acabar em um bate-boca pesado, já revelado pelas cenas dos próximos capítulos. Até que Faro deu o ar de sua graça para comandar uma última tarefa com o trio. Na verdade, o apuro estava ali: tentar manter a empolgação com uma dinâmica tão enfadonha.

Após saber quem catou mais mariscos - Li levou a melhor nessa - o jogo de perguntas e respostas que ele fez com as três sobre o comportamento delas ali no reality foi bobo, além de ter sido longo. "Quem é a mais porquinha?", "Quem é a mais confiável?", "Quem é mais irritante?"... Parecia brincadeira de criança, vamos combinar. Não é possível que não exista outro jogo mais movimentado para avaliarem as personalidades umas das outras! A sensação foi a de que o apresentador estava esticando a corda para bater com Luciano Huck, aproveitando que o "Domingão" não está com uma repercussão de encher os olhos.

"Famosas em Apuros" pode ter acertado e errado na escolha das participantes. Explico: Luiza, Bombom e Li têm seu público cativo, traz boa repercussão para o programa, que pode ser conferida nas redes sociais. Porém, apesar de fazerem a linha salto agulha, elas se dão muito bem com uma rasteirinha. Talvez isso confira às concorrentes maior adaptabilidade ao novo ambiente. Não se mostraram incomodadas, cheias de reclamações e frescuras, sabe? Se o trio escolhido fosse aquele, digamos, bem nariz em pé, quem sabe os apuros ficassem mais latentes.

Agora, com a quarta famosa nada misteriosa, Antônia Fontenelle, no comando do quadro, podemos esperar dinâmicas com Luiza, Bombom e Li mais movimentadas? Será que pode rolar alguma treta com loura, uma mulher também de personalidade forte? Aguardemos as cenas dos próximos perrengues!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL