PUBLICIDADE
Topo

Luciana Bugni

Nego do Borel segue na Fazenda: por que pessoas se unem para defendê-lo?

A Fazenda 2021: Nego do Borel promete mudar comportamento - Reprodução/Playplus
A Fazenda 2021: Nego do Borel promete mudar comportamento Imagem: Reprodução/Playplus
Conteúdo exclusivo para assinantes
Luciana Bugni

Luciana Bugni é gerente de conteúdo digital dos canais de lifestyle da Discovery. Jornalista, já trabalhou na "Revista AnaMaria", no "Diário do Grande ABC", no "Agora São Paulo", na "Contigo!" e em "Universa", aqui no UOL. Mora também no Instagram: @lubugni

Colunista do UOL

24/09/2021 10h21

A gente sabe: quando entra um homem controverso em reality show, a chance de se sair bem é grande. Acontece com frequência na Fazenda. Dado Dolabella é o exemplo clássico, campeão da primeira edição do programa. Biel foi o último exemplo e chegou à final em 2020, ficando com o vice-campeonato. Ambos acusados ou condenados por agressão.

Em 2021, é a vez de Nego do Borel. Ele chegou ao programa indiciado: a ex-mulher, Duda Reis, o acusou de várias violências durante o casamento. Sempre que uma mulher afirma que um homem a agrediu, nasce imediatamente uma equipe de advogados de defesa amadores de internet. Eles se põem a agredir jornalistas, pessoas comuns ou mesmo a suposta vítima. O fã-clube é muito fiel, que faz tudo que é possível para defender o ídolo.

Como se o fato de uma mulher denunciá-lo causasse mais raiva no público do que o fato principal: é possível que ele tenha sido agressivo. Violência? Quem se importa? Errada está a mulher de manchar a imagem de um homem legal.

Essa descrição de fatos é o desenho da trajetória de Nego do Borel desde as denúncias da ex. Com um agravante: após entrar na Fazenda, em vez de passar água e sabão na sua imagem em rede nacional, ele fez o oposto. Assediou uma participante, forçando um beijo enquanto ela estava bêbada, brigou com outros, conquistou inimizades com seu jeito explosivo e foi para a roça. Era a chance de eliminá-lo e provar que o ciclo dos abusadores dentro de reality shows estava encerrado.

Surpresa: o sistema de votação da Fazenda pede que se vote em quem deve permanecer. Resultado: fã-clube unido e Borel ficou com 50% dos votos. As outras duas participantes que concorriam à expulsão com ele receberam cerca de 25% cada uma.

Ele brigou, foi arrogante, não assumiu seus erros, abusou de uma mulher — isso só dentro do reality. Aqui fora, é indiciado por violência contra a mulher. Mas metade das pessoas que participou da votação do programa intercedeu por sua permanência.

Por que tanta gente defende quem tem comportamentos condenáveis como os de Borel na Fazenda? O que será que aconteceria se a rejeição provasse que Borel está errado? Pode ficar mais difícil para o cidadão comum repetir comportamentos como o dele em casa como se estivesse tudo bem, né?

Quem perde com esse comportamento de turma de fundão da escola que acoberta as atitudes erradas do valentão é a sociedade.

Você pode discordar de mim no Instagram.