PUBLICIDADE
Topo

Brownie cremoso: como acertar na textura e no tempo de forno

Crostinha fina e interior cremoso: segredos estão no tempo de forno e na mistura de ingredientes - Rodrigo Vilasbôas
Crostinha fina e interior cremoso: segredos estão no tempo de forno e na mistura de ingredientes Imagem: Rodrigo Vilasbôas

Gabrielli Menezes

De Nossa

04/08/2021 04h00

Rodrigo Vilasbôas

Rodrigo Vilasbôas

QUEM É

O psicólogo que brincava na cozinha quando pequeno segue encarando o espaço como um refúgio. A fim de narrar suas experiências emocionais com comida, ele criou o blog “Quando a cozinha é um divã” e o perfil no Instagram em 2014.

Acertar ou errar na cozinha parece ser questão de sorte ou azar, mas se trata de uma ciência mais exata do que isso, especialmente na confeitaria. Gosta de brownie macio ou cremoso, mais para um bolinho ou para um petit gâteau? Com técnica, tudo dá para ser uma escolha — e não um acaso.

O psicólogo Rodrigo Vilasbôas, que cozinha desde criança e compartilha suas descobertas com a comida no Instagram, explicou a Nossa que os dois pontos principais da receita americana estão na mistura dos ingredientes e no tempo de forno.

A maior parte das receitas manda derreter a manteiga com o chocolate, acrescentar os ovos aos poucos e só depois incorporar os itens secos. "Desse modo, o brownie fica macio, compacto e com massa úmida".

A outra opção, queridinha de Rodrigo, é boa para quem gosta de cremosidade. Primeiro os ovos são batidos com açúcar para, depois, entrar o chocolate derretido com manteiga e os ingredientes sólidos.

Confira as medidas e o passo a passo completo clicando na imagem abaixo:

Brownie

Dificuldade Fácil
10 porções
60 min
Ver receita completa

Segredo do forno

O efeito "petit gâteau", com o interior menos estruturado do que as bordas, também se conquista no forno. O aparelho deve ser preaquecido a 180 graus.

Para um brownie tradicional, com massa mais densa e rígida, deixe a mistura no forno de 30 a 35 minutos. Para a nossa versão, cremosa no centro, deixe de 25 a, no máximo, 30 minutos".

Brownie - Eu Mereço - Rodrigo Vilasbôas - Rodrigo Vilasbôas
De olho na casquinha: sinal de que está quase bom
Imagem: Rodrigo Vilasbôas

Em ambas versões, atente-se à casquinha que se forma por cima. Ela dá a deixa de que a textura está quase no ponto. "Não deixe assar demais, senão resseca e é uma tristeza".

Cozinhar para entender a vida

Nascido e criado em São Paulo, Rodrigo trabalha com psicologia clínica e faz da cozinha o seu divã. Ele aprendeu a cozinhar aos 9 anos, quando começou a ficar sozinho em casa.

Nos dias em que conseguia fazer comidinhas gostosas, levava pedaços para as suas tias provarem. "Era uma grande satisfação. Brinquei muito na cozinha quando pequeno."

Tia Ana: família de cozinheiras inspirou Rodrigo - Reprodução - Reprodução
Tia Ana: família de cozinheiras inspirou Rodrigo
Imagem: Reprodução
Ciclo da natureza: cozinhar para entender a vida - Reprodução Instagram - Reprodução Instagram
Ciclo da natureza: cozinhar para entender a vida
Imagem: Reprodução Instagram

Crianças brincam por vários motivos, entre eles para dissolver emoções e elaborar o mundo interno. A cozinha era o meu brinquedo".

O hábito de cozinhar e pensar na vida seguiu ao longo dos anos: "a gente cresce e continua brincando de algumas coisas. Faço um pouco o que eu fazia na infância, mas com questões adultas".

Desde 2014, parte dessas reflexões engatilhadas pela comida vão para no blog "Quando a Cozinha é um Divã" e para o Instagram. A ideia inicial era registrar o que acontecia fora e dentro da cabeça de Rodrigo, mas o público acabou se identificando.

Hoje, aos 30 anos, Rodrigo tem mais 87 mil seguidores na rede social, usada também para compartilhar receitas que marcam a sua trajetória de alguma maneira. O brownie, por exemplo, o faz lembrar dos quatro meses que passou em Toronto, no Canadá.

Tem receitas que nos conectam com uma época boa e a gente sente carinho ao comer".

Assista à receita em vídeo: