PUBLICIDADE
Topo

Sobá é herança japonesa que virou tradição em Mato Grosso do Sul. Aprenda

O sobá tem origem no Japão e ganhou o coração dos sul-mato-grossenses - Keiny Andrade/UOL
O sobá tem origem no Japão e ganhou o coração dos sul-mato-grossenses
Imagem: Keiny Andrade/UOL

Priscila Gorzoni

Colaboração para Nossa

26/05/2021 04h00

Quem aprecia a culinária japonesa, já conhece o sobá. Uma cidade do Brasil, porém, leva a paixão por esse prato ainda mais a sério. Abrigo de imigrantes de Okinawa, no Japão, o Mato Grosso do Sul tem a iguaria como uma de suas maiores tradições culinárias.

Por seu prestígio e o número de restaurantes que oferecem o prato, Campo Grande é considerada "a capital brasileira do sobá" e abriga até mesmo um festival anual para celebrar esta delícia. Além disso, em 2006, o "Sobá à Moda Campo Grande" foi reconhecido pelo IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) como bem cultural de natureza imaterial.

O sobá daqui

A chef Vanessa Cristina Carvalho dos Santos - Keiny Andrade/UOL - Keiny Andrade/UOL
A chef Vanessa Cristina Carvalho dos Santos
Imagem: Keiny Andrade/UOL
Nascida em Mato Grosso do Sul, ela comanda o Sim Sobá, em SP - Keiny Andrade/UOL - Keiny Andrade/UOL
Nascida em Mato Grosso do Sul, ela comanda o Sim Sobá, em SP
Imagem: Keiny Andrade/UOL

Vanessa Cristina Carvalho dos Santos, chef e proprietária do Sim Sobá, em São Paulo, explica que o sobá campo-grandense incorpora elementos da cozinha brasileira, que o deixa mais próximo ao gosto médio daqui.

A massa de trigo de sarraceno, presente na receita japonesa, é substituída pela massa de farinha branca, por exemplo.

Também a composição do caldo, que na versão original levava osso de porco e outros ingredientes, foi modificada para um caldo feito predominantemente de carne", relata.

Ingredientes do sobá - Keiny Andrade/UOL - Keiny Andrade/UOL
Imagem: Keiny Andrade/UOL
Ingredientes do sobá - Keiny Andrade/UOL - Keiny Andrade/UOL
Imagem: Keiny Andrade/UOL
Preparo do sobá - Keiny Andrade/UOL - Keiny Andrade/UOL
Imagem: Keiny Andrade/UOL
Serviço do sobá - Keiny Andrade/UOL - Keiny Andrade/UOL
Imagem: Keiny Andrade/UOL

Aos moldes tupiniquins, a receita leva, ainda, uma proteína — que pode ser a carne suína, bovina, frango ou shimeji — omelete fatiada e cebolinha. Por cima disso tudo vai um caldo caseiro à base de ossobuco e temperos.

Nas versões vegetariana e vegana, o caldo é feito à base de legumes e as proteínas animais são substituídas por cogumelos ou legumes cozidos.

Massa e caldo especiais

Antes de se aventurar pela receita caseira — ao final desta matéria — saiba que a massa do Sobá à Moda Campo Grande é específica em termos de consistência e sabor.

Faz muita diferença, pois o sul-mato-grossense em São Paulo, que compõe uma parte importante da minha clientela, reconhece imediatamente quando o sobá não é original", lembra.

Sobá: do Japão para o coração do Mato Grosso do Sul

O macarrão do prato é totalmente artesanal. Em um misturador de massa são colocados farinha de trigo, ovos, água, sal e alguns condimentos. Após a massa atingir o ponto específico, ela é passada por um cilindro para esticar. Em seguida, é cortada em formato de macarrão e armazenada em varais, para ser pré-cozida.

Para quem não quiser ter todo esse trabalho, a chef indica o uso da massa pronta para yakissoba mesmo.

O caldo também é um caso a parte, como explica Vanessa. Ele é produzido a partir do cozimento de carnes variadas (bovina, frango e suína) com ossos, acrescido de hondashi (tempero à base de peixe) e shoyu para dar aquele gostinho especial. "Levo dois dias para fazer o caldo, pois não pode ter absolutamente nada de gordura", ensina.

Experimente a receita em casa

Quer levar um pouco do Mato Grosso do Sul para a sua cozinha? Clique na receita abaixo e se aventure por um dos pratos mais queridos da região Centro-Oeste.