PUBLICIDADE
Topo

Cozinha regional, viagem e humor na estreia de Brasil com Zeca; assista

De Nossa

11/10/2020 15h38

Ao vivo direto de sua casa, Zeca Camargo estreou neste domingo (11) o programa Brasil com Zeca, seu novo programa no UOL, uma co-produção de MOV e Nossa. A nova atração convida a descobrir o país em quadros e conversas com gente de todo o Brasil e convidados especiais sobre culinária, viagem, decoração e cultura pop.

Monica Iozzi foi a grande convidada da estreia do novo programa. Em seu bate-papo ao vivo com Zeca Camargo, a atriz revelou detalhes de seu novo programa no Canal Brasil, ainda sem nome. "Quero falar sobre política de uma maneira que as pessoas entendam melhor como funciona".

Segundo Monica, a atração vai abordar temas importantes do cenário político, como explicar a função de um vereador.

Se fizermos o programa de uma maneira leve, conseguiremos atrair o interesse do público. Precisamos engajar a audiência e tornar o assunto interessante"

Monica Iozzi - Arquivo pessoal - Arquivo pessoal
Monica Iozzi em Lisboa, Portugal
Imagem: Arquivo pessoal

A atriz e apresentadora também conversou sobre a sua recente passagem de dois meses por Portugal. Para ela, sair da rotina de quarentena foi importante. "Foram cinco meses em casa, saindo apenas uma vez por semana. Foi um respiro".

#BrasilCozinhaComigo

A culinária regional é a estrela do programa de Nossa incorporado como um quadro do Brasil com Zeca. Para estrear no novo formado, a cozinheira Letícia Massula, do Cozinha de Matilde, direto de sua chácara em Pirenólois (GO), preparou uma moqueca de cajuzinho do cerrado, um fruto típico local — mas você pode testar a receita com o caju normal, como fez Zeca Camargo.

O cajuzinho é do tamanho de morango pequeno e tem sabor muito potente, como se fosse uma trufa que concentra o sabor de mil cajus"
Letícia Massula

Letícia Massula  - Reprodução Instagram - Reprodução Instagram
Letícia Massula mescla os sabores do cerrado em suas receitas
Imagem: Reprodução Instagram

A cozinheira, que trocou há três anos São Paulo pelo seu "paraíso particular" em Goiás, brincou que para compor a receita fez um "saladão": "A panela é do Espírito Santo, a moqueca é baiana e o ingrediente principal é aqui do cerrado".

"Vamos combinar que a gente é brasileiro e gosta dessa mistura. Então, se a gente está aqui no Brasil com Zeca, é porque a gente tem que misturar mesmo", defende Zeca.

Eu que fiz

O quadro que mostra o talento de gente capaz de repaginar os ambientes da casa com pouca grana e muita criatividade teve a participação de Samuel Gonçalves, que comanda o canal do Youtube Um Botânico do Apartamento.

samuel gonçalves - Reprodução Instagram @umbotaniconopartamento - Reprodução Instagram @umbotaniconopartamento
Samuel Gonçalves tem em casa uma "floresta"
Imagem: Reprodução Instagram @umbotaniconopartamento

No bate-papo com Zeca, ele contou a história da "floresta" que tem no seu apartamento, que reúne cerca de 1.200 plantas, e explicou a rotina de cuidar dessa floresta.

"O movimento urban jungle era um movimento relacionado a decoração com plantas, mas agora virou um estilo de vida, pois o nosso dia a dia se baseia e é voltado para as plantas mesmo".
Samuel Gonçalves

O botânico explica que, diariamente, tem uma dedicação de aproximadamente uma hora para as plantas. "Para regar, observar, ver se tem alguma folha rasgada ou estraga", explica. Porém, quando há outros processos para manutenção da "floresta", como adubação ou troca de vaso, "aí são quatro horas por dia", salienta Samuel.

Curva das Expectativas Flutuantes

No Brasil com Zeca, o apresentador voltar a analisar o que está em alta ou em baixa no universo da cultura pop.

Zeca aposta que "Quase Normal", seu livro de contos com lançamento previsto para novembro, será um dos próximos assuntos na boca do povo.

bom dia veronica - SUZANNA TIERIE/NETFLIX - SUZANNA TIERIE/NETFLIX
Tainá Muller em "Bom Dia, Verônica", da Netflix
Imagem: SUZANNA TIERIE/NETFLIX

O jornalista também destacou duas séries nacionais que estão em alta na opinião popular: "Boa Dia, Verônica", da Netflix, e "Sob Pressão - Plantão Covid", da TV Globo. Zeca ainda citou a sequência de "Borat", documentário fictício estrelado pelo britânico Sacha Baron Cohen.

Por outro lado, o apresentador já está cansando de "Emily em Paris", série americana da Netflix que está entre as produções mais assistidas da plataforma, e da campanha eleitoral no Brasil. Segundo ele, o formato atual do horário exibido na televisão está ultrapassado.

Anota aí!

Brasil com Zeca vai ao ar todo domingo, às 12 horas. Você pode acompanhar o programa no Youtube de Nossa, na home do UOL e no Facebook e no Twitter do UOL.