PUBLICIDADE
Topo

Bichos

Tudo o que você precisa saber para cuidar do seu pet

Baleias-francas do Atlântico Norte estão ameaçadas por velocidade de barcos

Baleia-franca-austral - Getty Images/iStockphoto
Baleia-franca-austral Imagem: Getty Images/iStockphoto

21/07/2021 17h06

A grande maioria das embarcações está acelerando em áreas designadas para a proteção das baleias-francas no Atlântico Norte, uma espécie à beira da extinção, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira (21).

"Os barcos estão acelerando, as baleias-francas do Atlântico Norte estão morrendo e os responsáveis não estão sendo suficientemente responsáveis", disse Whitney Webber, gerente de campanha da ONG Oceana.

A ONG analisou as velocidades de barcos e embarcações entre 2017 e 2020 nas áreas estabelecidas pela Agência para a Observação Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA), ao longo da costa atlântica americana.

O descumprimento dos limites atingiu, assim, quase 90% em áreas com redução de velocidade obrigatória, enquanto a falta de cooperação ficou perto de 85% em áreas onde a redução era opcional.

As colisões com barcos são uma das principais causas de lesões e mortes de baleias-francas do Atlântico Norte. Pesquisas têm demonstrado que reduzir a velocidade dos barcos a 10 nós (18,5 km/h) reduz o risco de morte entre 80% e 90%.

A análise se baseou em dados de velocidade e localização compilados pela Global Fishing Watch, uma ONG fundada pela Oceana em associação com Google e SkyTruth.

Dois terços dos barcos que passaram a grande velocidade tinham bandeiras estrangeiras, enquanto os cargueiros foram os principais culpados pelas negligências.

O estudo centrou-se em embarcações de 20 metros ou mais, pois devem transmitir sua posição de forma contínua. Mas os barcos menores também podem ser fatais para as baleias.