PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Arnaldo Ribeiro: Atlético-MG ainda está longe de ter paz e um time ideal

Do UOL, em São Paulo

01/05/2021 04h00

O Atlético-MG conseguiu sua primeira vitória na Libertadores diante do América de Cali, ainda sem contar com o técnico Cuca no banco de reservas, e o autor dos dois gols do Galo foi justamente o atacante Hulk, que havia reclamado dias antes cobrando oportunidades como titular do time, causando desconforto na relação ainda inicial com o treinador.

No podcast Posse de Bola #121, Arnaldo Ribeiro analisa a vitória atleticana e afirma que o clube ainda não chegou ao time ideal, além de também estar distante ainda de selar a paz interna em meio a tantos jogadores importantes no elenco e poucas vagas para que sejam escalados.

"A semana foi Hulk 2, Cuca 1, como foi o resultado contra o América de Cali. Detalhe que o Cuca estava ainda suspenso e quem teve que falar sobre, quem fez a alteração na prática, tudo bem que o Cuca foi lá, ligou, mandou WhatsApp e tal, e entrou no intervalo, definiu a partida e depois o Cuquinha foi lá dizer que o Hulk pode jogar principalmente como centroavante”, afirma Arnaldo.

"Ainda está muito longe de ter paz e ter um time ideal o Atlético-MG, o Tchê Tchê foi o jogador de confiança, o último a chegar, o primeiro a jogar, o Cuca adora, e não vem encantando o torcedor do Atlético-MG, que não entende muito bem esse critério, e falhou no gol, mas como o Zaracho se machucou, teve uma entorse feia no tornozelo, vai continuar jogando o Tchê Tchê, Tchê Tchê e mais dez por enquanto", completa.

O jornalista afirma que a sequência de jogos com a fase de grupos da Libertadores e as finais do Campeonato Mineiro devem fazer com que o trabalho de Cuca seja observado com maior atenção e o técnico não deve ter vida fácil no clube.

"O Cuca acho que vai ser questionado, observado com lupa enquanto durar esse período, maio desafiador, que é fase de grupos da Libertadores, decisão do Mineiro, possivelmente com o Cruzeiro, e aí vai ver o fantasma daquela derrota anterior no clássico que o Cruzeiro ganhou de forma surpreendente, o Cuca ainda está longe da paz", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol