PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2021

Hulk sai do banco, marca dois gols e Atlético-MG vence a 1ª na Libertadores

Hulk comemora gol do Atlético-MG contra o América de Cali, pela Libertadores 2021 - Getty Images
Hulk comemora gol do Atlético-MG contra o América de Cali, pela Libertadores 2021 Imagem: Getty Images

Do UOL, em Belo Horizonte

27/04/2021 21h15

Classificação e Jogos

O Atlético-MG conseguiu hoje (27) uma importante vitória para tentar diminuir a pressão sobre Cuca, ao bater o América de Cali-COL por 2 a 1. Esse foi o primeiro triunfo do Galo pela Copa Libertadores deste ano. E coube justamente a Hulk, cuja escalação é um dos elementos impulsionando as cobranças ao técnico, anotar os dois gols do triunfo. Ele saiu novamente do banco de reservas, mas dessa vez foi decisivo.

Agora o time preto e branco volta atenções para a semifinal do Campeonato Mineiro. No sábado (1º), às 16h30, no Independência, o Atlético joga contra o Tombense como visitante. A partida de volta será em 8 de maio, no Mineirão, no mesmo horário.

Um novo lugar para Hulk?

Depois de cobrar titularidade e gerar mais polêmica, Hulk mostrou muito futebol contra o América de Cali. Com dois gols, o camisa 7 se credencia para valer a uma vaga no ataque, e talvez em uma nova posição. Ele foi para campo como centroavante, substituindo o chileno vagas. Uma posição que nunca foi muito a dele em sua carreira, mas pela qual ele correspondeu no Mineirão nesta jornada. Em geral, o astro vinha disputando posição com o venezuelano Savarino, a direita do ataque atleticano

Pressão absurda

O América de Cali marcava forte, tentava impedir as investidas do Atlético-MG, mas abusava das faltas na intermediária, pois só assim conseguia parar o Galo.

O Alvinegro teve o domínio nos primeiros 45 minutos e, diferentemente da partida contra o Deportivo La Guaira-VEN, quando abusou dos cruzamentos, o time jogou mais com a bola no chão, trabalhando bem no ataque. Em um dos lances, aos 36 minutos, após jogada ensaiada, Arana levantou a bola na área, o goleiro Graterol não segurou e quase fez gol contra, mas a bola bateu na trave. Na sequência, Igor Rabello tentou de novo e acertou novamente a trave.

O Galo foi dominante e superior na primeira etapa, não correu nenhum risco, mas faltou pontaria para colocar a bola na rede colombiana.

No segundo tempo o Atlético-MG seguiu melhor e definiu o confronto. O atacante Hulk fez dois gols e ajudou o Galo a chegar ao triunfo. Nos minutos finais o Galo levou um gol e tomou certa pressão, levou alguns sustos, mas segurou o placar e chegou aos quatro pontos pelo Grupo H, para assumir a liderança provisória. O Cerro Porteño-PAR tem três pontos e enfrenta amanha o Deportivo La Guaira.

Confusão no fim

No final da partida, uma falta dura de Nathan, que recebeu o cartão vermelho, causou uma confusão no gramado do Mineirão. O árbitro da partida distribuiu outros cartões para conter a bagunça.

Choro e substituição

O argentino Matías Zaracho sofreu uma lesão aos 10 minutos do segundo tempo. Em um lance de acidente de trabalho o zagueiro Igor Rabello, próprio companheiro do camisa 15, deu um pisão em um dos tornozelos do gringo, que deixou o gramado de maca e chorando.

Time desequilibrado e fraco

A exceção do goleiro Graterol, que impediu uma goleada do Galo, o restante do time do América de Cali foi mal no jogo. O Galo dominou amplamente a partida e sequer tomou susto contra o desequilibrado time colombiano.

Cronologia do jogo

Aos 12 minutos do segundo tempo o Galo abriu o placar. Graterou derrubou Hulk na área, após o atacante receber belo passe de Nathan. O próprio camisa 7 cobrou firme no lado esquerdo do goleiro do América de Cali: 1 a 0.

Gol de Hulk! Aos 17 minutos do segundo tempo, um golaço do Galo. Hulk deixou sua marca pela segunda vez após jogada maravilhosa de Savarino. De calcanhar o venezuelano encontrou o camisa 7, que mandou a bola para o fundo das redes de Graterol: 2 a 0.

O América de Cali diminuiu após uma enorme falha de Tchê Tchê. O volante entregou a bola na intermediária para Luis Sánchez, e o camisa 24 do time colombiano, de longe, fez o gol: 2 a 1.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 X 1 AMÉRICA DE CALI

Motivo: 2ª rodada do Grupo H da Copa Libertadores
Data e Horário: 27 de abril de 2021, às 19h15 (de Brasília)
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG).
Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai)
Assistentes: Richard Trinidad e Martin Soppi (ambos uruguaios)
Gol: Hulk (12' e 17' do 2ºT); Luis Sanchez (31' 2ºT)
Cartão amarelo: Carrascal, Kevin Andrade, Arrieta (AME); Junior Alonso, Hulk, Alan Franco (CAM)
Cartão vermelho: Nathan (CAM)

ATLÉTICO-MG: Everson; Mariano, Igor Rabello, Junior Alonso e Guilherme Arana; Zaracho (Nathan), Tchê Tchê e Nacho Fernández (Marrony); Savarino, Keno (alan Franco) e Eduardo Vargas (Hulk). Técnico: Cuquinha.

AMÉRICA DE CALI: Graterol; Arrieta, Kevin Andrade e Ortiz; Hector Quiñónes, Paz, Carrascal (Luis Sanchez) e Cabrera (Ureña); Murillo (Moreno), Aldair Rodriguez (Cambindo) e Vergara. Técnico: Juan Cruz Real.