PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Juca Kfouri: Vasco mostrou eficácia impressionante, mas é preciso calma

Do UOL, em São Paulo

17/04/2021 04h00

O Vasco não faz uma campanha para estar entre os quatro primeiros do Campeonato Carioca, mas teve uma grande atuação diante do rival Flamengo e conseguiu a vitória por 3 a 1 para encerrar um longo período sem vitórias no clássico, que já estava na marca de 17 partidas.

No podcast Posse de Bola #117, Juca Kfouri afirma que o Vasco teve uma atuação excepcional, na qual tudo funcionou e o time teve eficácia para conseguir os três gols e triunfar no Maracanã, mas é preciso que o torcedor tenha calma devido à realidade difícil que o clube enfrenta atualmente, tendo pela frente a Série B para disputar.

"É desagradável você relativizar uma vitória do tamanho como foi a vitória que o Vasco teve contra o maior rival e contra o melhor time do país, e dizer: calma, vascaíno. Calma porque, vejam, ao que tudo indica o time sequer vai disputar as finais do Carioquinha, o campeonato da Série B é mais complicado ainda, vai encontrar gramados em péssimas condições, e o jogo de ontem, por mais que o Flamengo tenha errado, foi um jogo excepcional", afirma Juca.

"Foi um jogo em que o Vasco mostrou uma eficácia impressionante, cada vez que o Vasco desceu, fez gol ou quase fez gol, e isso não vai acontecer sempre. Não dá para tirar uma conclusão, é evidente que ganhou oxigênio. O vascaíno hoje fala, 'a nossa parte no Carioquinha nós fizemos, ganhar do Flamengo’. Convenhamos, é pouco para o Vasco, estamos falando do Clube de Regatas Vasco da Gama, gloriosíssimo, primeiro campeão continental", completa.

Juca cita o bom começo do Vasco no Campeonato Brasileiro do ano passado, quando houve a empolgação do torcedor com o Ramonismo e reforça que se tenha os pés no chão após o bom resultado do time comandado por Marcelo Cabo no Maracanã.

"Tem que por a bola no chão também, o Vasco não pode viver de ganhar do Flamengo uma vez por ano. Talvez tenha sido o jogo do Vasco esse ano com o Flamengo e essa que é a situação dramática, triste, pela quarta vez do Vasco. Eu estou muito confiante no que o Jorge Salgado possa fazer no Vasco, muito, e claro que a vitória de ontem pode ser um belíssimo sinal, mas pés no chão, porque lembremos, ano passado a esta altura, o vascaíno estava achando que iria ser campeão brasileiro, estava liderando, estava vivendo ali o auge da euforia cruzmaltina", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol