PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro Cezar: "Palmeiras demorou a contratar um técnico de verdade"

Do UOL, em São Paulo

02/12/2020 04h00

O Palmeiras conseguiu uma boa sequência de jogos desde a chegada do português Abel Ferreira, em substituição a Vanderlei Luxemburgo, que foi demitido após quatro derrotas consecutivas no comando do clube com o qual foi campeão paulista, mas não conseguiu cumprir a meta de fazer o time jogar um bom futebol.

No podcast Posse de Bola #78, Mauro Cezar Pereira afirma que o time que volta a campo hoje para enfrentar o Delfín, no Allianz Parque, demorou para trocar Luxemburgo por Ferreira e elogia o trabalho do português, embora ainda considere que o Palmeiras atual ainda não teve um grande teste.

"O Palmeiras demorou a trocar de técnico, demorou a contratar um técnico o Palmeiras, um técnico de verdade, um técnico capaz de organizar o time minimamente, porque não tinha, tinha um ex-técnico, agora tem um técnico. Isso até acaba turbinando um pouco, aumentando e botando uma lupa em cima do trabalho do Abel Ferreira, que na minha opinião, óbvio que é um bom trabalho no começo, mas ele ainda não foi devidamente testado", diz Mauro Cezar.

"O Palmeiras não pegou nenhum jogo difícil, o mais difícil foi o Fluminense em casa, e o primeiro tempo foi até bem complicado, o Fluminense atacou bastante, criou situações e também ele não teve tanto tempo, acho que o Palmeiras é um trabalho que está evoluindo, mas só mais adiante a gente vai ter uma real noção, quando começarem os jogos mais complexos. Pode olhar, os jogos do Palmeiras, o próprio jogo com o Athletico-PR, o Athletico-PR não tinha nem goleiro reserva no fim de semana, nem goleiro reserva", completa.

Em relação aos problemas que o time teve com os casos de covid-19, o jornalista afirma que o período mais complicado para o Palmeiras em relação aos desfalques foi em um momento no qual os jogos não foram tão complicados e espera ainda uma evolução do time na temporada.

"A covid que afetou várias equipes e nas últimas rodadas pegou o Palmeiras, ela veio em paralelo a uma sequência de jogos menos complicados, ou até mais fáceis. Então acho que o trabalho do Abel Ferreira a gente vai ter uma noção mais exata mais adiante", diz Mauro Cezar.

"Houve um progresso? Já houve com o Andrey Lopes, é óbvio que iria acontecer com o técnico português, que já pegou a casa até mais arrumada pelo Cebola. Antes sim, aquilo ali era nada, mas a gente vinha falando desde o ano passado, só os amigos do ex-treinador, muitos na imprensa ele tem, que o defendiam arduamente, porque não é possível que a pessoa visse aquele time jogar e não conseguisse perceber que era um desperdício tremendo", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol